Trends

O futuro do e-commerce com a Geração Z

O e-commerce precisa se adaptar rapidamente às expectativas e demandas da Geração Z para prosperar no futuro do consumo online.

Navegue pelo texto

A Geração Z, também conhecida como Gen Z, é a geração nascida aproximadamente entre os anos de 1997 e 2012. Eles cresceram em um mundo altamente digital e globalizado, o que moldou suas perspectivas e comportamentos.

De acordo com o relatório ‘Tendências do consumidor da geração Z’ da Visa:

  • Atualmente, de cada quatro pessoas do planeta, uma é da geração Z.
  • Esse público conferem as redes sociais até 100 vezes por dia.
  • Eles confiam nos influenciadores digitais, pois consideram que suas vidas têm alguma relação — algo que as gerações anteriores não viam nas celebridades de TV, por exemplo.
  • Dos entrevistados, quase 100% têm acesso a um smartphone.
  • Eles consideram a responsabilidade social e ambiental de uma empresa na hora de consumir — o que indica que os esforços das empresas em ESG podem estar preparando-as para lidar com os novos consumidores.
  • Ainda de acordo com o relatório, a geração Z prefere as formas de pagamento digitais e têm uma tendência a desconfiar das instituições financeiras tradicionais. Prova disso é que estão interessados em soluções BNPL (Buy Now Pay Later), em criptomoedas e em opções alternativas de pagamento.

Confira abaixo algumas maneiras de relacionar os dados apresentado com o seu e-commerce:

Sustentabilidade e consumo consciente no e-commerce

As lojas online devem destacar suas práticas sustentáveis e éticas, oferecendo produtos eco-friendly e com responsabilidade social. Para isso, é importante fornecer informações claras sobre a origem dos produtos, suas pegadas de carbono e as políticas ambientais da empresa.

Case de E-commerce: Patagonia

A Patagonia é uma marca de roupas e equipamentos outdoor que se destaca pelo compromisso com a sustentabilidade e o meio ambiente. O e-commerce da empresa oferece informações detalhadas sobre a origem dos produtos, materiais reciclados utilizados e práticas sustentáveis adotadas.

Além disso, a Patagonia incentiva os consumidores a reparar, reutilizar e reciclar seus produtos através do programa Worn Wear.

Experiências e autenticidade no ambiente virtual

O e-commerce precisa proporcionar experiências de compra agradáveis e memoráveis para a Geração Z. Isso pode ser feito através de um design de site intuitivo e atraente, personalização, atendimento ao cliente eficiente e políticas de devolução e troca flexíveis. A transparência nas informações e a comunicação autêntica também são essenciais.

Case de E-commerce: Farm

A Farm é uma marca brasileira de roupas e acessórios que se destaca pela autenticidade e originalidade em suas coleções. A loja online da marca oferece uma experiência de compra personalizada e autêntica para seus clientes, através de um site intuitivo e atraente. A marca também investe em comunicação transparente e autêntica por meio de suas redes sociais e campanhas de marketing.

Inovação e tecnologia aplicadas ao e-commerce

As lojas virtuais devem investir em tecnologias inovadoras, como realidade aumentada, inteligência artificial e chatbots para melhorar a experiência do usuário e se destacar no mercado.

Também é crucial ter uma plataforma otimizada para dispositivos móveis, já que a Geração Z utiliza smartphones e tablets como principal meio de acesso à internet.

Case de E-commerce: Sephora

A Sephora, uma das maiores varejistas de produtos de beleza, investe em inovações tecnológicas para melhorar a experiência do usuário em seu e-commerce.

A empresa oferece o recurso "Virtual Artist", que permite que os consumidores testem produtos virtualmente através de realidade aumentada.

Além disso, a Sephora utiliza chatbots e inteligência artificial para melhorar o atendimento ao cliente e a personalização das recomendações de produtos.

Aproveitando as redes sociais no e-commerce

Todas as marcas devem utilizar as redes sociais para promover seus produtos, oferecer suporte ao cliente e se comunicar com a Geração Z. Criar conteúdo relevante e engajador, além de incentivar a interação com os consumidores, pode gerar maior tráfego para o site e aumentar as vendas.

Case de E-commerce: Petz

A Petz, uma das maiores varejistas de produtos para animais de estimação do Brasil, utiliza as redes sociais para se conectar com a Geração Z e promover seus produtos. A empresa colabora com influenciadores digitais e produz conteúdo relevante e engajador em suas redes sociais.

A marca ainda incentiva os consumidores a compartilhar fotos e vídeos de seus animais de estimação usando a hashtag #MeuPetz, gerando tráfego orgânico e aumentando o engajamento nas redes sociais.

Diversidade e inclusão no comércio eletrônico

É fundamental que o e-commerce promova a diversidade e a inclusão em sua oferta de produtos, marketing e contratação de pessoal. Isso inclui disponibilizar produtos para diferentes públicos, criar campanhas publicitárias que reflitam a diversidade da Geração Z e garantir que a equipe seja representativa e inclusiva.

Case de E-commerce: Natura

A Natura, marca brasileira de cosméticos, se destaca no mercado por promover a diversidade e a inclusão em sua linha de produtos e campanhas publicitárias. A empresa oferece uma ampla variedade de produtos para diferentes tipos de pele e cabelo, atendendo a diferentes tons de pele e etnias.

Além disso, suas campanhas publicitárias e equipe de marketing refletem a diversidade da Geração Z, o que contribuiu para o sucesso e a lealdade dos consumidores.

Promover o senso de comunidade da marca

Um dos melhores meios de gerar visitas e vendas para o seu e-commerce é construir uma comunidade de usuários fiéis. Dessa forma, você cria um círculo virtuoso que promove a sua marca de forma positiva e gera embaixadores da sua marca entre os seus clientes mais leais.

Para isso, você pode começar a criar conteúdos personalizados em conjunto com os influenciadores para gerar mais identificação do público com a marca, além de aumentar o engajamento dos clientes à comunidade da marca.

Case de E-commerce: Olympikus

O projeto Bota Pra Correr da Olympikus é um excelente exemplo de como atrelar o senso de comunidade da Geração Z em um e-commerce ao marketing de influência.

A marca criou o um movimento que incentiva a descoberta do Brasil através da corrida. Mais do que uma simples prova, o BPC proporciona experiências únicas e inesquecíveis para os participantes. O evento permite desbravar lugares paradisíacos e mergulhar na diversidade cultural do país, além de proporcionar conexões verdadeiras entre os corredores. Tudo isso em uma grande celebração ao esporte, que incentiva os brasileiros a conhecerem o seu país correndo.

Em sua última edição em 2022, o evento juntou 400 pessoas, incluindo corredores amadores, profissionais e influenciadores digitais, participaram da iniciativa que durante o percurso vivem uma experiência única e criam conteúdos para a marca.

O e-commerce precisa se adaptar rapidamente às expectativas e demandas da Geração Z para prosperar no futuro do consumo online. Os casos de sucesso apresentados acima só demonstram como empresas de diferentes setores estão atendendo às necessidades da Geração Z e se destacando no mercado.

Acompanhe também a Betminds nas redes sociais: nos siga no linkedin, no tiktok e no Instagram.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Como se tornar um ponto de coleta da Amazon?

Isso não só pode aumentar o fluxo de clientes em seu estabelecimento, mas também oferecer uma nova fonte de receita.Saiba mais aqui!

7/12/2023

Lista: 30 dicas para fazer uma excelente campanha de Natal

Impulsione suas vendas com 30 dicas valiosas para uma campanha de Natal de sucesso no comércio eletrônico. Prepare-se para um Natal brilhante!

4/12/2023

Pós-Black Friday: 8 estratégias de marketing para continuar vendendo

Implementar estratégias de marketing após a Black Friday é crucial para capitalizar o interesse dos consumidores gerado durante o evento

30/11/2023