Trends

Como o ChatGPT pode afetar o universo do e-commerce?

Entre as estratégias para aumentar as vendas e melhorar o atendimento ao cliente, está o ChatGPT no e-commerce. Saiba mais.

Navegue pelo texto

ChatGPT no e-commerce... E se você acessasse um chatbot, fizesse uma pergunta e recebesse uma resposta altamente elaborada e satisfatória?

Na verdade, mais do que isso: uma resposta tão realista e humana que você nem sequer seria capaz de desconfiar que ela estava sendo dada por uma inteligência artificial.

Com você observará neste conteúdo, o ChatGPT, que vem gerando uma onda de admiração, consegue até mesmo acessar publicações do Twitter e discussões no Reddit para poder dar respostas mais coesas e inteligentes.

A seguir, entenda sobre essa nova tecnologia e os impactos do ChatGPT no e-commerce.

O que é ChatGPT?

ChatGPT vem da expressão em inglês Chat Generation Pre-Trained Transformer. Se você traduzi-la, encontrará algo como: Transformador Pré-Treinado Gerador de Bate-Papo.

Simplificando, trata-se de um chatbot criado com a finalidade de interagir com os seres humanos da forma mais realista possível. Essa nova tecnologia foi treinada usando o Reinforcement Learning from Human Feedback, ou seja, a Aprendizagem por Reforço com Feedback Humano.

Voltando um pouco no tempo, o ChatGPT surgiu a partir do GPT-3, um modelo de linguagem feito com um propósito claro: criar textos que possuíam uma linguagem natural, isto é, extremamente similar a que nós, humanos, usamos.

A OpenAI Inc., empresa de inteligência artificial sediada em São Francisco, foi quem desenvolveu o ChatGPT. Durante esse processo, inclusive, estiveram envolvidos grandes nomes, como Elon Musk, fundador da SpaceX e recém proprietário do Twitter, e Reid Hoffman, cofundador do LinkedIn.

Como funciona o ChatGPT?

Na prática, o que acontece é: quando uma pessoa solicita algo para o ChatGPT, ele acessa um banco de textos disponíveis na internet. Exemplos práticos? Artigos, publicações no Twitter, notícias, entre outros. Esse é o primeiro ponto.

O segundo tem relação com a Aprendizagem por Reforço com Feedback Humano que citamos acima. É graças a este método de aprendizagem que o chatbot consegue dar respostas rápidas, objetivas e inteligentes — ele aprende com o feedback dos usuários, afinal de contas.

Quer ver algo ainda mais surpreendente?

O ChatGPT é capaz de, com certo sucesso, até mesmo fazer tarefas para as quais não foi treinado de forma específica, como realizar a tradução de sentenças. Você se deu conta do que acabou de ler? De novo: essa tecnologia consegue aprender sem treinamento específico. 

ChatGPT no e-commerce: quais os impactos?

Agora que você entende o que é ChatGPT e como essa tecnologia funciona, como ela pode beneficiar o e-commerce? Ela tem inúmeras aplicações, como criar conteúdo digital, mas… e quando se trata de uma loja virtual?

Entre as potenciais vantagens do ChatGPT no e-commerce, tem-se justamente as respostas mais inteligentes e ágeis para os clientes. Isso resultará na maior satisfação deles.

Quando um cliente faz uma pergunta ao ChatGPT, por exemplo, ele é capaz de fornecer respostas úteis e não-prejudiciais. E, ao mesmo tempo que faz isso, tenta compreender (como se fosse, de fato, um ser humano) qual a verdadeira intenção do usuário ao fazer a pergunta.

Em termos claros, o ChatGPT no e-commerce pode ajudar esse modelo de negócio por meio do:

Atendimento ágil

Um dos benefícios que se pode ter com a utilização do ChatGPT no e-commerce reflete diretamente na agilidade do atendimento.

Digamos, por exemplo, que um cliente quer saber como funciona o processo de troca/devolução de produtos da loja. Ele, ao perguntar isso ao ChatGPT, receberá um passo a passo detalhado de como fazer o procedimento e, claro, tudo isso por meio de uma linguagem humana, realista e compreensível.

Interação personalizada

Se um cliente estiver procurando por determinado produto e desejar saber se ainda há estoque dele, o ChatGPT poderá criar uma interação personalizada ao dar respostas referentes à disponibilidade do produto e, ainda, sobre a previsão de entrega.

Recomendar produtos

Com base no histórico do cliente, o ChatGPT no e-commerce também favorecerá a empresa no aumento das vendas. Isso porque a tecnologia irá analisar o que aquele potencial cliente comprou ou pesquisou recentemente e, a partir disso, recomendar produtos estratégicos. 

Criar descrição de produtos

Aqui está outro ponto positivo que uma empresa ganha com a implementação do ChatGPT no e-commerce: a criação de descrições para os produtos.

Mas, ei, não estou falando de qualquer descrição, como aquelas totalmente técnicas (que mais afastam do que aproximam o cliente da compra) que você encontra por aí. 

Estou falando de descrições que ressaltam a qualidade do produto de modo estratégico, bem como os motivos imperdíveis para comprá-lo — como um vendedor eficiente faz ao usar um discurso de vendas agradável e irresistível.

Exemplos de Casos de uso do ChatGPT

Confira uma pequena lista de aplicações para utilizar o ChatGPT no marketing e também no seu e-commerce:

Os impactos do ChatGPT no e-commerce são inegáveis

Como você pôde observar ao longo da leitura, o ChatGPT no e-commerce tem grande potencial de beneficiar uma empresa. No que diz respeito à agilidade, por exemplo, elas têm mais chances de melhorar — e muito! — o atendimento ao cliente.

Além disso, já que essa tecnologia é capaz de melhorar a experiência do cliente ao criar uma jornada de compra personalizada e convincente, outro impacto nos negócios é o aumento da conversão em vendas.

Gostaria de ter resultados assim em seu e-commerce?

Hora de impulsionar o seu negócio com uma gestão de e-commerce eficiente e lucrativa. Descubra como clicando aqui.

E para mais artigos, cases e estratégias para se destacar com o seu comércio eletrônico, continue acompanhando o blog da Betminds e se inscreva no The Future Of E-commerce, a newsletter com conteúdos todas as segundas, terças e quintas direto no seu e-mail!

Acompanhe também a Betminds nas redes sociais: nos siga no Linkedin, Instagram e TikTok.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Estratégias de recuperação de carrinho abandonado

Veja algumas estratégias de recuperação de carrinho abandonado para aplicar em sua loja virtual.

27/1/2023

Vale a pena investir em redes sociais para alavancar o e-commerce?

Pra discutir sobre o assunto falamos com Franciele Krasnhak, diretora de operação do Grupo Narcel, empresa referência no setor de gastronomia

25/1/2023

A importância do rastreio de encomendas no e-commerce

Realizar o rastreio de encomendas no e-commerce é um dos fatores de sucesso nesse tipo de negócio. Entenda melhor neste conteúdo.

25/1/2023