E-commerce

Qual a importância da gestão do pedido de venda?

Entenda o que é fluxo de pedidos de venda, qual a sua importância para as empresas e confira dicas de como geri-lo de maneira eficiente.

Navegue pelo texto

Um dos processo mais importantes dentro de uma empresa, principalmente de um e-commerce, é a gestão do fluxo de pedidos de venda. Ela perpassa diversos processos que impactam diretamente a saúde financeira do negócio- de um melhor controle de estoque à fidelização de clientes.

A seguir, vamos entender melhor este conceito e sua importância. Também veremos dicas de como fazer esse gerenciamento de forma eficiente. Boa leitura!

O que é fluxo de pedidos de venda?

O fluxo de pedidos de venda envolve as etapas de organização das vendas com o objetivo de promover maior agilidade para a atividade e oferecer ao comprador uma melhor experiência.

Quando bem organizado, o fluxo de pedidos pode trazer muitos benefícios para a empresa, entre eles:

  • Aumento da produtividade;
  • Maior controle sobre processos;
  • Redução de erros.

Para que isso seja possível, no entanto, é fundamental contar com ferramentas, como softwares de gestão, que auxiliam na automatização e na otimização da gestão do fluxo de pedidos de venda.

Qual a importância da gestão do pedido de venda?

Além dos benefícios que citamos, podemos resumir a importância da gestão do pedido de venda em três pontos:

  • Facilitar o alcance de metas;
  • Garantir a satisfação do cliente;
  • Estruturar processos mais bem-organizados.

A realidade de muitas empresas, porém, não é essa. Muitas equipes não conseguem alcançar os objetivos traçados justamente pela falta de procedimentos internos claros.

Essa falta de organização – que pode afetar negócios de todos os portes e estruturas – tem impacto não somente no trabalho desenvolvido pela empresa, mas também na sua saúde financeira e até mesmo nos seus clientes.

Em um e-commerce, por exemplo, alcançar um maior número de consumidores gera um aumento da demanda. E é preciso uma gestão eficiente para dar conta dos pedidos e evitar atrasos na entrega para os clientes.

Novamente, contar com o auxílio de ferramentas de gestão é essencial para gerenciar o fluxo de pedidos de venda de maneira eficaz, facilitando o monitoramento e análise do que precisa ser melhorado e impulsionando o crescimento do negócio.

Dicas para a gestão eficiente do fluxo de pedidos de venda

O fluxo de pedidos de venda é necessário para qualquer negócio e deve ser considerado durante o planejamento da empresa. Afinal, trabalhar com processos organizados torna a gestão muito mais simples e os procedimentos muito mais facilitados.

Dito isto, separamos algumas dicas para uma gestão eficiente do fluxo de pedidos de venda:

Atualize o cliente sobre o pedido

A satisfação dos clientes é um objetivo que deve estar no cerne das estratégias da empresa. Um consumidor que teve uma boa experiência de compra em um e-commerce é muito mais propenso a voltar a comprar nesta mesma loja.

Para alcançar esse objetivo, um dos passos é manter seus clientes sempre informados sobre as etapas do processo de compra. E isso envolve desde a confirmação do pedido ao alerta de entrega na casa da pessoa.

Mantenha o estoque sob controle

O fluxo de vendas depende diretamente de um bom controle de estoque. Para evitar problemas, é preciso saber quais e quantos produtos estão disponíveis. Mais do que isso, é necessário conhecer as mercadorias mais vendidas, aquelas que não vale a pena investir e também os períodos de variação na demanda.

Além de uma boa prática, o controle de estoque funciona como um importante indicador para embasar a tomada de decisão, desde estratégias para novos investimentos quanto na questão logística.

Otimize o processo de separação e envio

A satisfação do cliente também passa por receber o pedido certo e no período combinado. Sem surpresas negativas.

Uma vez que o consumidor efetiva a compra, é fundamental que haja processos rigorosos e muito bem-estabelecidos para separação, conferência e expedição dos pedidos.

Também é importante manter um monitoramento constante dos parceiros de logística. Deve-se avaliar as condições do contrato, se elas estão alinhadas ao que a sua empresa precisa, bem como a qualidade do serviço prestado.

Leia mais: Importância da logística para e-commerce

Faça um monitoramento contínuo

Assim como os parceiros de logística, todo o fluxo de pedidos de venda deve ser monitorado constantemente. Essa medida é vital para identificar pontos de melhoria (incluindo dos preços), falhas e gargalos na operação, além dos produtos mais e menos vendidos.

O processo de gestão do fluxo de pedidos deve ser reavaliado periodicamente. A ideia é criar ciclos contínuos e interativos de melhorias.

Ofereça diferentes meios de pagamento

Um dos grandes problemas de um e-commerce é o abandono de carrinho. E, em muitos casos, isso é causado pela falta de opções de pagamento que atendam as necessidades do cliente.

Diversifique os meios de pagamentos e ofereça variedade para o comprador. Atualmente, além de cartão e boleto, o pagamento via Pix é indispensável.

Isso vai facilitar a compra, reduzir o abandono de carrinho e garantir a saúde financeira do seu negócio.

Leia mais: O futuro dos meios de pagamento

Use a tecnologia a seu favor

Como comentamos, existem ferramentas que podem ajudar a otimizar a gestão do fluxo de pedidos de venda. Soluções como um ERP automatizam a coleta de dados, integrando-os e centralizando-os em um único ambiente para facilitar o acesso, compartilhamento e análise das informações.

Além de promover a padronização e melhoria dos processos internos e permitir o acompanhamento do fluxo de cada pedido de venda, a tecnologia ajuda a automatizar processos. Com isso, é possível reduzir erros e maximizar a operação, liberando os profissionais de tarefas meramente repetitivas.

Otimize o armazenamento

Os custos com armazenamento são um dos grandes gargalos de muitos e-commerces. Além de um espaço para manter os produtos, há todos os desafios relacionados à separação e expedição dos itens.

Embora a tecnologia possa ajudar, existem modelos de negócio em que é possível trabalhar sem estoque ou ao menos otimizar essa questão e reduzir custos. É o caso do dropshipping e do cross-docking, por exemplo.

E se você precisa de ajuda para desenvolver estratégias para a sua empresa e melhorar as suas vendas, fale com a gente!

Para mais artigos, cases e estratégias para se destacar com o seu comércio eletrônico, continue acompanhando o blog da Betminds e se inscreva no The Future Of E-commerce, a newsletter com conteúdos todas as segundas, terças e quintas direto no seu e-mail!

Acompanhe também a Betminds nas redes sociais: nós siga no linkedin, no tiktok e no Instagram.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

VTEX Vision Spring '24: Confira todas as novidades da plataforma

Neste ano, a empresa revelou uma série de novidades focadas em AI, novas soluções de produto, e melhorias significativas na plataforma. Vamos conferir?

24/5/2024

Certificação de patentes também é necessário para garantir segurança digital de e-commerces

Repetição de domínios sem suporte legal pode tirar sites do ar e impedir vendas na internet

24/5/2024

A profissão que poderá gerar 90 mil vagas de emprego por ano no Brasil e não é do setor de tecnologia!

Professor da Strong Business School prevê alta demanda de profissionais nos próximos anos. Saiba mais!

21/5/2024