Trends

Voice commerce ganha cada vez mais espaço nas vendas online

Sua estratégia omnichannel não estará completa sem a implementação do voice commerce. Saiba mais sobre essa tecnologia.

Vinte e sete por cento da população online global faz buscas por voz em dispositivos móveis¹, que inclui tanto os smartphones como os assistentes como Siri, Alexa, Cortana, etc. Isso faz do voice commerce um recurso cada vez mais indispensável para lojas virtuais.

Não pense que essa tecnologia está longe de nós, brasileiros. Em 2020, o uso de assistentes de voz cresceu 47%²,, impulsionado pela pandemia, e como eu disse nessa postagem, a tendência é que as pessoas gostem das novas experiências digitais e a tornem parte de suas rotinas.

Isso significa que o voice commerce precisa da sua atenção se você quer manter a sua loja virtual atualizada frente às tendências. Vamos entender do que se trata.

O que é e como funciona o voice commerce?

O voice commerce é um método de vendas que permite o usuário comprar um produto utilizando os assistentes virtuais, como Siri, Alexa e Google Assistente. Dessa forma, ele não precisa interromper sua rotina para acessar uma loja virtual, clicar no carrinho de compras e prosseguir com as etapas tradicionais.

Todo o processo — pesquisa, escolha do produto e finalização de compra — acontece por meio do assistente. Em momento algum a pessoa acessa o site. Essa tecnologia dispensa até mesmo o uso de uma tela, como é o caso dos dispositivos Echo.

Portanto, voice commerce não é a mesma coisa que a “busca por voz”, integrada ao sistema de busca dos sites. Sua loja precisa integrar uma API específica que faça a comunicação entre os assistentes e os produtos da sua loja.

Mas e o pagamento?

Não, você não precisa ter receio em falar para uma caixinha os números do seu cartão, data de validade e código de segurança. O assistente de voz sempre resgatará, durante uma compra por voice commerce, informações bancárias já cadastradas naquele site.

Portanto, o voice commerce só funciona para a segunda compra em diante feita em um e-commerce. A razão é que, ao comprar pela primeira vez, o usuário precisa realizar o cadastro e informar opções de pagamento — e isso precisa ser feito manualmente.

Quando a pessoa estiver usando um assistente de voz para comprar na mesma loja virtual de outrora, ele perguntará qual a forma de pagamento (e dará opções que o usuário inseriu para aquela plataforma).

Quais são os principais segmentos que podem explorar essa tendência?

No momento, todas as lojas que vendem produtos de fácil conversão (como fast-foods e livros, por exemplo, cujos usuários não precisam pensar tanto para comprar) podem se dar muito bem com o voice commerce.

Por exemplo: “Alexa, compre o livro tal na Loja Virtual da Betminds”. A Alexa vai falar o preço, informações sobre o frete e local de entrega e, por fim, perguntará qual forma de pagamento. “Visa em duas vezes” é a única coisa que o comprador precisa responder.

Por que aplicar a busca por voz no seu e-commerce?

A grande chave é otimizar o quanto antes a sua loja virtual para que ela se integre melhor com esses assistentes. Isso significa possibilitar que eles diferenciem variações de um mesmo produto e, assim, permitam compras mais personalizadas.

Venda de roupas é um exemplo. Se o usuário pedir uma camiseta branca tamanho M com capuz cinza e sua loja vender exatamente isso, mas o assistente não conseguir identificar, ele pode direcionar a compra para outro canal (leia “concorrente”).

Como aproveitar as pesquisas por voz para aumentar o tráfego no site?

Primeiramente, invista em uma linguagem mais informal nas descrições dos produtos. As pessoas falam diferentemente de como escrevem. Observe o seu público alvo e veja se eles dirão “sandália bordô” ao invés de “sandália vermelho-escuro”. Se for o segundo caso, diminua o uso do termo “bordô” — mesmo que seja o nome oficial que a fabricante tenha dado.

Seguindo o mesmo raciocínio, invista em descobrir palavras-chave de cauda longa relacionadas aos produtos do seu e-commerce. Ao pesquisar por voz, as pessoas tendem a ser mais específicas ao invés de falar palavras soltas.

Como estará o voice commerce em um futuro próximo?

Hoje, o voice commerce é considerado um método de vendas. Mas, de acordo com os números, a tendência é que ele se converta em mais um canal de vendas, de tão natural que será fazer pesquisas por esses dispositivos de voz.

Amazon Echo e Google Nest já têm preços acessíveis. Quer dizer, não é como ir na loja de conveniência e comprar alguns CDs, mas os preços são muito mais baixos do que smartphones de entrada. Ou seja, as pessoas ainda não aderiram aos assistentes de voz simplesmente porque eles ainda não se tornaram massivos.

Mas a popularização desses gadgets é inevitável, então o voice commerce será um forte canal de vendas em um futuro próximo, principalmente em estratégias omnichannel.

Como adaptar o seu e-commerce para o voice commerce?

Não pense que integrar as APIs de voice commerce ao seu negócio é um bicho de sete cabeças e de cara implementação. Essa tecnologia já está se tornando cada vez mais inserida nos hábitos de compra, ou seja, não é uma tendência que ainda precisa se provar.

Mas é impossível adaptar seu e-commerce para o voice commerce sem um segundo elemento igualmente importante: SEO — que já é um outro universo de performance orgânica do seu site. Precisa de ajuda para tornar seu e-commerce omnichannel e implementar os recursos do voice commerce? Clique aqui para ver como a Betminds pode ajudar a escalar o seu negócio!

https://conteudo.betminds.ag/the-future-of-ecommerce?utm_source=blog&utm_medium=banner&utm_campaign=the_future&utm_term=marketplace-o-que-e

Acompanhe também a Betminds nas redes sociais: nós siga no linkedin e no Instagram.

Referências (Links Externos)

¹Voice search mobile use statistics - Think with Google. [online] thinkwithgoogle.com. Disponível em: https://www.thinkwithgoogle.com/marketing-strategies/search/voice-search-mobile-use-statistics/ [Acessado em 21 Jul. 2022].

²Ilumeo Data Science. [online]. Disponível em: https://ilumeo.com.br/assistentes-de-voz. [Acessado em 21 Jul. 2022]Para mais artigos e estratégias para se destacar com o seu comércio eletrônico, continue acompanhando o blog da Betminds e se inscreva no The Future Of E-commerce, a newsletter com conteúdos todas as segundas, terças e quintas direto no seu e-mail!

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Ações de marketing para Black Friday: 10 dicas para faturar bem

Separamos 10 ações de marketing para Black Friday para você pôr em prática no seu e-commerce.

22/9/2022

Estratégias de growth hacking para e-commerce

Esses processos giram em torno de um ciclo que se repete o número de vezes necessário para um projeto atingir os números desejados

26/9/2022

5G no e-commerce e nas relações de consumo do varejo

A nova tecnologia promete impactar uma série de outros setores da economia, interligando serviços e dispositivos e tornando as cidades mais inteligentes

20/9/2022