Dados do mercado

Crescimento do e-commerce brasileiro em maio é de 3,52% em relação a abril.

Gerentes e líderes do mercado de vendas online devem observar o crescimento do e-commerce brasileiro. Veja os números.

O varejo online fechou o mês de maio com aumento de 3,52% no Índice de Vendas Online da MCC-ENET em comparação ao mês de abril. O crescimento do e-commerce brasileiro em maio também retoma, após um ano, a ascensão do acumulado dos últimos 12 meses.

Para os que não estão familiarizados com o MCC-ENET, trata-se de um estudo que acompanha, diariamente, o desempenho do comércio varejista online brasileiro. Sua metodologia coleta informações de vendas e pesquisas de satisfação, gerando índices importantes para empresas, agentes do mercado e consumidores.

Os 3 índices mais evidentes

A Neotrust e a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), organizações que mantêm o MCC-ENET, destacam 3 dos seus índices, mostrados abaixo. O mês de maio fechou em alta nos três.

  1. Índice de Vendas Online: como já adiantado, apresentou o percentual de +3,52%;
  2. Índice de Faturamento Online: aumento de 6,78%;
  3. Índice de Tíquete Médio Online: +3,14%

Crescimento do e-commerce brasileiro em maio: acumulado dos últimos 12 meses marca fim de sequência negativa que durou 1 ano

Os primeiros dados computados pelo relatório datam de janeiro de 2018, então o comparativo referente ao acumulado de um ano inicia a partir de janeiro de 2019. O Índice de Vendas Online começou métrica com 4,24% — ou seja, aquele mês (janeiro de 2019) vendeu, sozinho, 4,24% do montante de vendas dos últimos 12 meses.

Subindo de um a dois pontos percentuais a cada mês, o Índice de Vendas Online acumuladas nos últimos 12 meses chegou a 73,11% em março de 2021, impulsionado pelo fechamento do comércio físico no combate à disseminação do novo coronavírus, vale ressaltar.

Porém, o número começou a cair devido à diminuição das políticas de restrição, chegando a 8,93% em abril de 2022, numa sequência de um ano e um mês em queda. A boa notícia é que este relatório de maio mostra variação percentual de referente ao total de vendas nos últimos 12 meses de 10,31%.

Crescimento do e-commerce brasileiro em maio por categorias

Os números mais recentes das vendas por categoria, que incluem, também, dados da Pesquisa Mensal do Comércio — do IBGE — são do mês de abril. A composição fica da seguinte forma:

  • Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação: 41,7%;
  • Móveis e eletrodomésticos (29,4%);
  • Tecidos, vestuário e calçados (10,7%);
  • Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (7,3%);
  • Outros artigos de usos pessoal e doméstico (5,4%);
  • Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (3,9%);
  • Livros, jornais, revistas e papelaria (1,6%).

Vendas de maio de 2022 vs maio de 2021

Outro apontamento do relatório é o comparativo do índice de vendas em relação ao mesmo mês do ano anterior. Maio de 2022 fechou com alta de 4,99% perante maio de 2021, retomando o crescimento após queda entre março (3,8%) e abril (1,52%).

Variação regional do Índice de Vendas

Também podemos comparar o mês de maio com o de abril na variação por região. Das 5 regiões brasileiras, somente o Norte apresentou retração. Confira:

  • Norte (-6,25%);
  • Centro-Oeste (0,63%);
  • Nordeste (0,99%);
  • Sul (3,23%);
  • Sudeste (5%).

Como reagir ao crescimento do e-commerce brasileiro em maio

O e-commerce cresceu absurdamente desde março de 2020, entrando na rotina de pessoas que não tinham o hábito de comprar online, mas foram obrigadas a fazê-lo. Conforme as coisas caminham rumo à normalização, é normal que grande parte tenha gostado da experiência e a torne parte de suas rotinas de compras.

Sendo assim, vemos a importância de investir em experiências que diferenciem o seu e-commerce dos demais. É o momento de pensar em estratégias omnichannel, na Web3 e suas vantagens para o cliente, olhar com atenção para o funil de vendas e buscar formas de incrementá-lo.

Atenção ao diferencial

Somente manter uma versão virtual da sua loja física, com as mesmas promoções dos produtos e campanhas de marketing unificadas não é mais um diferencial. Isso funcionava no início da internet, quando as pessoas não tinham o grande volume de informações como agora.

Hoje, existe o meio do caminho confuso, que é quando o consumidor alterna, constantemente, entre a exploração de opções e avaliação das disponibilidades. Nesse ponto, fatores como diversificação das formas de pagamento e variedade na exibição de um produto fazem toda a diferença.

Não é à toa que grandes empresas de produtos estão investindo no metaverso. A Nike, por exemplo, lançou um modelo de tênis exclusivo no OpenSea e a Adidas já possui um terreno no The Sandbox. Tudo por uma experiência diferenciada e personalizada ao público-alvo.


Tênis virtual da Nike lançado em NFT (Foto: Reprodução/Divulgação)

“Inovação” é a palavra. O modelo de vendas online está sólido, bem estruturado — o que significa que as demais estratégias em paralelo vão impulsioná-lo cada vez mais. O timing é perfeito para definir um diferencial competitivo e buscar escalá-lo, difundi-lo.

A Betminds é uma agência especializada em fazer o seu e-commerce vender mais, de forma escalável. Que tal contar com a nossa expertise neste cenário atual do varejo online brasileiro? Clique aqui e ganhe um diagnóstico completo para o seu e-commerce!

Para mais artigos e estratégias para se destacar com o seu comércio eletrônico, continue acompanhando o blog da Betminds e se inscreva aqui no The Future Of E-commerce, a newsletter com foco em e-commerce com conteúdos todas as segundas, terças e quintas direto no seu e-mail!

https://conteudo.betminds.ag/the-future-of-ecommerce?utm_source=blog&utm_medium=banner&utm_campaign=the_future&utm_term=crescimento-do-e-commerce-brasileiro-em-maio

Acompanhe também a Betminds nas redes sociais: nós siga no linkedin e no Instagram.

Até a próxima matéria :)

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Ações de marketing para Black Friday: 10 dicas para faturar bem

Separamos 10 ações de marketing para Black Friday para você pôr em prática no seu e-commerce.

22/9/2022

Estratégias de growth hacking para e-commerce

Esses processos giram em torno de um ciclo que se repete o número de vezes necessário para um projeto atingir os números desejados

26/9/2022

5G no e-commerce e nas relações de consumo do varejo

A nova tecnologia promete impactar uma série de outros setores da economia, interligando serviços e dispositivos e tornando as cidades mais inteligentes

20/9/2022