E-commerce

Você sabe o LTV do seu e-commerce? Saiba como calcular

O e-commerce que não investe na experiência do consumidor pode comprometer o futuro do seu negócio. O LTV faz toda a diferença, aprenda calcular.

Navegue pelo texto

Por essa e outras razões, ter total controle sobre o LTV ou Lifetime Value (valor do ciclo de vida) do seu comércio eletrônico é essencial. 

O LTV é uma métrica primordial para determinar o nível de experiência dos clientes com o seu e-commerce. Quanto maior esse índice, sinal de que suas estratégias de relacionamento, fidelização e retenção estão em alta. 

Mais que oferecer um bom atendimento, um e-commerce hoje precisa proporcionar uma experiência de compra eficiente, envolvente e prazerosa. Uma pesquisa da Neoassist, renomada plataforma de omnichannel, aponta que as empresas com foco em ações de experiência do consumidor conseguem aumentar a lucratividade em até 21%. Para esse bom desempenho, o LTV faz toda a diferença. 

Em linhas gerais, essa métrica, o Lifetime Value (LTV), estima o lucro líquido da vida de um cliente dentro do seu comércio eletrônico. Esse “valor vitalício de um cliente” avalia quanto ele vai gastar com produtos ou serviços por todo o tempo que comprar com você. 

Como é de se imaginar, a proposta dessa métrica não é fazer uma projeção individual de cada cliente, mas sim analisar todos os consumidores e encontrar a média do valor gasto e do tempo de permanência. É com base nesse resultado do LTV que serão feitos os ajustes necessários para assegurar o sucesso do seu e-commerce. 

Não esqueça: é muito mais barato manter um cliente do que tentar conquistar novos o tempo todo. O estudo da Neoassist revela ainda que 68% dos consumidores estão dispostos a pagar mais caro por uma  melhor experiência ao comprar, ou seja, o LTV vai ser uma ferramenta preciosa para você entender o comportamento dos usuários e implantar soluções que assegurem a retenção. 

O LTV garante a sobrevivência do seu negócio

Não tenha dúvida: estipular de forma precisa quanto dinheiro, em média, os clientes gastam e por quanto tempo eles usam o seu produto ou serviço pode fazer toda a diferença nas rotinas do seu e-commerce. Observe:

  • Será fundamental para determinar  o orçamento máximo necessário às  ações de marketing para não gastar demais com aquisição e perder dinheiro a longo prazo.
  • É uma ferramenta preciosa para determinar uma expectativa de receita ao longo de um período de meses, tendo como referência, por exemplo, o histórico de vendas.
  •  É essencial para localizar falhas específicas que fazem com que os clientes desistam do serviço.
  • Ajuda a identificar  oportunidades mal aproveitadas para melhorar a aquisição e a retenção.

Diante de todos esses argumentos, calcular e monitorar o Lifetime Value (LTV) é uma medida de planejamento estratégico importantíssima e vai auxiliar em  decisões estratégicas de gestão nas mais diferentes áreas do seu e-commerce.  Priorize esse indicador. 

Descubra como calcular o Lifetime Value (LTV)

Calcular o LTV é mais simples do que parece. Para chegar a esse resultado, basta seguir a seguinte fórmula:

LTV = (ticket médio X média de compras por cliente a cada ano) X média de tempo de relacionamento

Observe um exemplo:

Digamos que o valor gasto, em média, pelos seus clientes todo mês seja de  R$ 500,00.

O valor é pago mensalmente, então, a média de compras efetivas por cliente todo ano será 12 (1 a cada mês).

Para finalizar, estabelecemos, para exemplificar, que o tempo médio de relacionamento (desde a compra até o cancelamento) seja de 2 anos.

A fórmula, com esses dados, forneceria o seguinte cálculo:

LTV = R$ 500 (ticket médio) x 12 (número de compras ao ano) x 2 (tempo de duração do contrato)

LTV = (R$ 500,00 × 12) × 2

LTV = R$ 6 mil × 2

LTV = R$ 12 mil

A partir desse cenário, o Lifetime Value dos seus clientes seria de R$ 12 mil. Em resumo: esse é o valor total investido por um cliente na sua empresa.

Importante: caso o tempo de permanência seja inferior a 1 ano,  basta multiplicar o ticket médio pelo número de compras total.

Veja um exemplo:

Se o tempo de relacionamento aqui fosse de apenas 11 meses, o cálculo seria feito da seguinte forma:

LTV = R$ 500,00 × 11

LTV = R$ 5,5 mil

Vamos observar outra situação:

Em um e-commerce da área pet, um cliente gastou R$ 500 em produtos variados, totalizando 6 compras nesse valor realizadas em um período de 1 ano.

Temos: 

* Valor total e exato do produto/serviço vendido

* Número de vendas

* Tempo de relação com o cliente

O cálculo seria:

Valor total de compras: R$ 500,00 x Número de vendas: 6 x período: 1 = 3.000,00.

Em 12 meses, esse cliente gastou R$ 3.000 no seu comércio eletrônico.

Use o LTV corretamente para aumentar seus resultados

Para obter resultados e direcionamentos realmente assertivos no seu e-commerce, o LTV deve ser analisado em conjunto com outras métricas relevantes. Dessa forma, vai ser possível ter uma visão geral e completa da situação real do seu negócio – com os pontos altos e fortes, ou seja, sabendo o que funciona bem e o que deve ser melhorado. 

Para garantir o crescimento do LTV, é fundamental investir em ações de retenção para favorecer o aumento da recorrência e da frequência de compra. Nesse cenário, o valor do seu ticket médio sobe. 

Busque ferramentas capazes de traçar um perfil consistente do seu cliente. Com o respaldo da tecnologia, será possível determinar preferências, histórico de compras e o comportamento no ambiente digital. De posse dessas informações, é possível desenvolver uma macroestratégia de lifecycle marketing por meio de campanhas automatizadas que sigam o cliente em sua trajetória com a comunicação personalizada one-to-one.

Há ainda réguas de relacionamento que podem ser desenvolvidas levando em consideração o ciclo de vida do cliente, o canal de comunicação apropriado e buscando aumentar  o seu LTV. Veja alguns exemplos: 

Uma boa recepção faz a diferença: dê as boas-vindas adequadamente ao seu consumidor, ou seja, comece essa experiência com o pé direito. Um e-mail automático de saudação – se possível, com alguma vantagem, como um cupom de desconto – já é um primeiro passo importante. 

Felicite pelo aniversário: não importa a forma – e-mail, SMS ou push notification –, mas não esqueça dessa data. Ofereça uma experiência marcante para esse momento. 

Review: encaminhe um e-mail solicitando a avaliação do seu cliente sobre um produto ou serviço adquirido.

Invista em conteúdo: o SEO faz toda a diferença. Dicas sempre atraem a atenção dos clientes, por isso,  invista em materiais, no seu blog, por exemplo, que abordem benefícios e vantagens dos produtos. 

Cross Sell: por e-mail, principalmente, ofereça produtos complementares aos que o consumidor adquiriu.

Com todas essas informações, você pode se apropriar do LTV e de outras métricas para impulsionar ainda mais o seu e-commerce. As previsões são muito otimistas para 2022 e não dá para ficar de fora das principais tendências do mercado. Organize-se e que o novo ano seja repleto de maravilhosos indicadores. Boa sorte!

-

Esperamos que esse post tenha ajudado você a entender qual é a importância do LTV no seu e-commerce e como calculá-lo. Para mais artigos e mais estratégias para se destacar com o marketing digital, continue acompanhando o blog da Betminds!

E se você precisa de ajuda para desenvolver estratégias para sua empresa e melhorar suas vendas, fale com a gente!

Acompanhe a Betminds nas redes sociais: curta a página no Facebook, siga no Instagram.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Quais são os benefícios do fulfillment?

Por reunir todos os processos que ocorrem do começo ao fim de uma entrega, o fulfillment tem importância vital para toda loja virtual.

2/2/2023

Importância da logística para e-commerce

Vários fatores são responsáveis pelo sucesso de um negócio, e ter logística para e-commerce eficiente é um deles. Saiba mais neste conteúdo.

1/2/2023

Estratégias de recuperação de carrinho abandonado

Veja algumas estratégias de recuperação de carrinho abandonado para aplicar em sua loja virtual.

27/1/2023