Performance

Copy: Os principais erros que você não pode cometer

Quem tem um negócio online sabe quão importante é criar conteúdos atraentes. Embora seja uma estratégia bastante conhecida, ainda surgem alguma dúvidas.

Navegue pelo texto

Por isso, separamos alguns dos erros de copywriting mais comuns para ajudar você a não cometê-los e, assim, evitar dores de cabeça desnecessárias. Acompanhe!

Recapitulando: o que é copywriting e por que é importante?

Copywriting - ou simplesmente copy - é uma estratégia de produção de conteúdo que tem como objetivo convencer o leitor a realizar uma ação. Para isso, o texto é desenvolvido de modo a ser persuasivo, utilizando alguns gatilhos (palavras e frases) para despertar o interesse no leitor e gerar mais conversões.

Toda a ideia por trás do copywriting é entender a experiência do consumidor no funil de vendas e conduzi-lo pelas etapas até o momento da conversão; tudo isso por meio de conteúdos desenvolvidos de maneira estratégica e que faça sentido em cada estágio em que o lead se encontra.

Assim, o fator-chave para o bom copywriting é conhecer quem será o leitor daquele conteúdo, usando esse conhecimento para trazê-lo para dentro de uma narrativa que lhe seja útil e o ajude a resolver seus problemas ou solucionar suas dúvidas.

Os 5 principais erros de copy que você não pode cometer

1. Escrever para o público errado

Como vimos, para alcançar os resultados esperados, o copywriting deve conhecer muito bem quem será o alvo daquele conteúdo. De nada adianta um texto impecável se ele for destinado a quem não tem o menor interesse no que você oferece.

Para produzir conteúdos de qualquer tipo, é essencial estudar o seu público-alvo e definir a persona do seu negócio. A partir dessa definição você saberá com quem você está falando, quais são seus interesses e comportamentos. Não deixe de fazer uma pesquisa sobre as tendências que movem seu público ideal, consultando ferramentas como o Google Trends.

2. Destacar os benefícios de forma exagerada

Quando falamos em copy, uma coisa deve estar clara: no Marketing Digital, devemos evitar a publicidade explícita e escancarada. Conforme o lead progride na jornada de compra e aumenta seu interesse no que você tem a oferecer, todos esses aspectos serão apresentados de maneira natural.

Outro ponto a se considerar é que o leitor não está interessado especificamente na sua solução, mas sim nos benefícios e nas transformações que ele terá ao adquiri-la. Por isso, ao longo da jornada, os conteúdos devem ser produzidos de forma a conquistar e engajar os visitantes, intrigando-os a seguir adiante e a enxergar como o seu produto ou serviço é a solução ideal para suas dores.

3. Não destacar os benefícios

O contrário também deve ser evitado: na ânsia por escrever um conteúdo que não seja invasivo ou clichê, muitas empresas acabam produzindo textos que acabam "escondendo" o que a solução tem de melhor e, como resultado, não cumprem sua função.

Quando o texto não deixa claro quais são os benefícios que seu produto ou serviço oferece e o que o consumidor tem a ganhar ao adquiri-lo, certamente as pessoas não se interessarão, uma vez que não enxergarão valor no que lhes é oferecido.

Por isso, é importante achar um equilíbrio entre os dois pontos que abordamos, isto é, produzir um conteúdo que apresente a solução e suas vantagens de forma clara e objetiva, mas sem exageros.

4. Não cativar o leitor

Não existe fórmula mágica: para saber o que intriga e cativa o seu leitor, é importante testar diferentes tipos de conteúdo e abordagens e analisar os resultados. Observe quais estratégias estão dando mais resultados, atentando-se a métricas como acessos, compartilhamentos e conversões. É importante ter em mente que a mesma tática não vai funcionar para sempre. Por isso, esse monitoramento deve ser constante.

Outro ponto nesse sentido se refere à escrita do texto. Principalmente com a internet, os consumidores conhecem muito bem algumas das principais estratégias utilizadas no discurso de venda das empresas.

Dessa forma, é crucial fugir da mesmice e evitar conteúdos que soem artificiais, que foram escritos "no automático", o que, no final das contas, pode ter o efeito contrário e afastar o leitor do seu site. Assim, a criatividade é a chave para tornar a escrita persuasiva e cativar o visitante.

5. Não revisar o conteúdo

Por fim, a dica parece óbvia, mas muita gente deixa passar: mesmo que você escreva um texto persuasivo e equilibrado, alguns erros de ortografia, estrutura e formatação podem enterrar suas chances com o potencial cliente.

Dominar o bom portugês e produzir conteúdos que sejam coesos e coerentes não são mais do que obrigações de um copywriter. No entanto, até mesmo os melhores profissionais deixam passar alguns erros e, por isso, é fundamental sempre revisar o que foi feito ou, quando possível, contar com outra pessoa para fazer isso.

A revisão deve focar em encontrar erros de pontuação, concordância, digitação e excesso de palavras repetidas, por exemplo. Mas não é só isso: é importante conferir se a formatação do conteúdo está padronizada e se a estrutura está otimizada para o formato.

Na internet, sobretudo em textos voltados para venda, os parágrafos devem ser curtos e formados, preferencialmente, também por frases mais curtas. A ideia é tornar a leitura mais leve para o visitante, inclusive visualmente falando.

Afinal, quando o texto é bem dividido em parágrafos curtos, cria-se uma noção de organização e clareza nas ideias, e evitam-se aqueles blocos de texto que chegam a cansar a vista.

Esperamos que este post tenha ajudado você a entender os principais erros de copy que você não pode cometer. Para mais conteúdos sobre o assunto e mais estratégias para se destacar com marketing digital, continue acompanhando o blog da Betminds!

E se você precisa de ajuda para desenvolver estratégias para sua empresa e melhorar suas vendas, fale com a gente!

Acompanhe a Betminds nas redes sociais: curta a página no Facebook, siga no Instagram.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Quais são os benefícios do fulfillment?

Por reunir todos os processos que ocorrem do começo ao fim de uma entrega, o fulfillment tem importância vital para toda loja virtual.

2/2/2023

Importância da logística para e-commerce

Vários fatores são responsáveis pelo sucesso de um negócio, e ter logística para e-commerce eficiente é um deles. Saiba mais neste conteúdo.

1/2/2023

Estratégias de recuperação de carrinho abandonado

Veja algumas estratégias de recuperação de carrinho abandonado para aplicar em sua loja virtual.

27/1/2023