E-commerce

Black Friday 2021 deve ser mais digital da história

O mercado de varejo está na contagem regressiva para a Black Friday mais digital da história. Aproveite essa oportunidade única para vender mais!

O mercado de varejo está na contagem regressiva para a Black Friday mais digital da história. O cenário é bastante promissor: de acordo com um levantamento da Ebit|Nielsen, o e-commerce brasileiro vendeu nesta data, no ano passado,  R$ 4,02 bilhões – um crescimento de 25,1% em relação a 2019. Foram mais de 6 milhões de pedidos gerados em 2020, ou seja, um crescimento de 15,5% em comparação ao ano anterior.

Se a Black Friday de 2021 ainda não está no seu plano estratégico, é melhor rever as suas prioridades imediatamente. É fato que o último trimestre do ano é um dos mais aquecidos para os negócios na área de varejo.

Além da Black Friday, há o Single Day, Cyber Monday e o Natal. Isso sem falar no tão aguardado 13º salário, que causa uma expectativa otimista nas marcas e consumidores. Por essas e outras razões, estar preparado fará a diferença nos seus resultados.

Além de um planejamento antecipado para a Black Friday mais digital da história, é necessário prever soluções flexíveis, que permitam agir rapidamente diante de mudanças de rota. Isso tornou-se regra na era digital.

É preciso entender que, mesmo com o controle e possível fim da pandemia em 2022, os hábitos dos consumidores mudaram para sempre. Diante desse cenário, seu e-commerce precisa estar preparado para lidar com essa nova realidade.

Como seu e-commerce deve se preparar para a Black Friday mais digital da história

O planejamento estratégico fará toda a diferença para seu e-commerce atender adequadamente aos pedidos e interesses dos seus potenciais clientes na Black Friday. Para garantir uma experiência de excelência e uma boa jornada de compra, é preciso investir em melhorias, além de estar preparado para imprevistos ou correções de rota.

Para estar preparado para a Black Friday mais digital da história, observe esses 3 grandes momentos:

1. Descoberta

Trata-se de uma etapa essencial para o levantamento, avaliação e diagnóstico de todas as melhorias necessárias para o seu e-commerce. Isso inclui, por exemplo, sistemas, tecnologia e fornecedores.

2. Planejamento e preparação

Sua boa performance na Black Friday dependerá do cronograma de ações para colocar em prática todos os ajustes necessários, mas trabalhando com prazos que permitam a conclusão até a data-chave.

3. Ação

Essa etapa é essencial, pois é a fase de execução das atividades para garantir a melhor experiência possível ao seu consumidor.

Aposte na clusterização

Clusterizar, segmentar sua audiência, é sinônimo de economia de tempo e dinheiro. Para o êxito na Black Friday mais digital da história, é importante ter esse conhecimento prévio do seu potencial público-alvo com base nas informações que os usuários deixaram ao visitar seu e-commerce (cadastro, buscas realizadas, entre outros dados).

Com a tecnologia a seu favor, a clusterização do público vai permitir separá-los em grupos organizados de acordo com interesse e comportamento, além de assegurar a criação de réguas específicas para cada um dos clusters. Com essas medidas, seu negócio fica mais propenso a gerar conversões e alcançar os objetivos esperados nesta Black Friday.

Dados são fundamentais para uma boa estratégia

O cenário otimista vislumbrado diante da Black Friday mais digital da história exige preparação. Tendo conhecimento dos dados obtidos por meio de diversos

canais (via ferramentas, plataformas de anúncios e análises de mercado) , é possível definir as etapas mais comuns de comportamento dos compradores on-line, além de criar agrupamentos que conversam melhor com sua estratégia e objetivo de negócio.

Com base nessas informações, é possível determinar os diferentes perfis dos consumidores na Black Friday:

  1. Aqueles que se planejam
  2. Os que se mostram desconfiados diante dos descontos e os que se demonstram confusos com o excesso de opções de ofertas
  3. Os que são influenciados pelas compras de amigos ou familiares que lhes passam dicas para aproveitar as promoções
  4. Os que não sabem o que querem até receberem um gatilho de um estímulo
  5. Os consumidores bastante envolvidos com a Black Friday e com vontade de aproveitar as melhores oportunidades

Não abra mão da estratégia Omnichannel

O nome pode parecer estranho, mas é a solução perfeita para o seu e-commerce ganhar pontos na Black Friday mais digital da história. A estratégia Omnichannel é baseada na integração de todos os canais de comunicação da empresa para melhorar a experiência do cliente. Essa medida ajuda a eliminar qualquer obstáculo no percurso da compra.

O seu cliente pode, por exemplo, saber de um produto por meio do Instagram, ser direcionado para o e-commerce e tirar uma dúvida durante o processo pelo WhatsApp. Aposte nessa ideia!

Checklist: o que não pode ficar de fora da preparação do seu e-commerce para a Black Friday mais digital da história

  1. Estoque

Organize-se com antecedência em relação às quantidades e variedades dos itens que comercializa. É fundamental também a organização do ambiente. Tenha tudo na ponta do lápis: produtos que devem ser solicitados a mais para os fornecedores e fazer circular, por meio de combos e promoções, aqueles que estão parados no estoque.

  1. Preços

Coloque-se em situação de competitividade, pois seu negócio talvez não seja o que oferece o preço mais atraente. Avalie frete fixo ou sem custo, além de outros benefícios – como brindes.

  1. Plataforma de e-commerce

Muito cuidado com a plataforma: o tráfego e a conversão das lojas virtuais sempre aumenta na Black Friday. Além de uma plataforma de altíssima qualidade técnica, otimize os fluxos e busque facilitar a forma de encontrar os produtos oferecidos.

  1. Visual

Layout, descrição e fotos devem ser de ótima qualidade. Pela falta da interação física, quanto mais informações precisas você oferecer ao cliente, maior a credibilidade e confiança para fechar negócio.

  1. Atendimento

Esse cuidado é essencial na Black Friday. Amplie o horário de atendimento ao consumidor, marque presença nos canais digitais com respostas rápidas e turbine a página de Perguntas Frequentes (FAQ) com mais informações. Tudo isso é importante para que o cliente se sinta seguro e acolhido no momento da compra. Mantenha todos os seus contatos visíveis em seu site! O pós-venda é outro ponto essencial, ok? Esteja disponível para tirar dúvidas de produtos/serviços e possíveis trocas.

  1. Formas de pagamento

Nesta Black Friday, aumente o leque de possibilidades de pagamento aos clientes. Várias marcas estão aderindo ao Pix e carteiras digitais para ampliar as possibilidades de negócio. Parcelamento é outro atrativo para o consumidor brasileiro, ok?

  1. Opções e prazos de entrega

Informe todas as possibilidades para o cliente e, caso seja possível, inclua a alternativa de retirada dos produtos na sua loja física, se tiver, sem custo adicional.

  1. Frete

Defina uma boa estratégia de frete. Considere aplicar descontos ou Frete zero em regiões estratégicas pra vocês.

  1. Política de troca

Transparência faz a diferença e é muito motivador para a decisão de compra de uma pessoa. Pense em todas as situações (aquisições de produtos para presente, por exemplo) e ofereça explicações detalhadas sobre esse processo.

  1. Performance

Prepare sua equipe. A qualificação dos profissionais será preponderante para o sucesso do seu plano de vendas online e offline. Lembre-se da dica: a estratégia Omnichannel é recomendada.

  1. Marketplace

Revise os produtos já cadastrados no marketplace ou cadastre novos. E não esqueça de preencher tabelas de contingências dos marketplaces. Além de revisar e garantir o SLA com cada marketplace.

  1. Tempo Real

Durante a black organize um plantão para garantir agilidade nas respostas durante a campanha. Além disso, acompanhar o frete e estoque em tempo real garante maior qualidade.

  1. Feedback

Ao terminar a campanha, não esqueça de criar estratégias para fidelização dos seus clientes. Acompanhe também todas as entregas, possíveis trocas e devoluções para garantir que quem comprou na campanha volte em outras fases do ano. Aproveite o momento também para incentivar seus clientes a avaliarem todo o processo da compra compra até a entrega.

Esperamos que esse post tenha ajudado você a entender a importância de preparar seu e-commerce para a Black Friday mais digital da história. Para mais artigos e mais estratégias para se destacar com o marketing digital, continue acompanhando o blog da Betminds! E se você precisa de ajuda para desenvolver estratégias para sua empresa e melhorar suas vendas, fale com a gente!

Acompanhe a Betminds nas redes sociais: curta a página no Facebook, siga no Instagram.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Ações de marketing para Black Friday: 10 dicas para faturar bem

Separamos 10 ações de marketing para Black Friday para você pôr em prática no seu e-commerce.

22/9/2022

Estratégias de growth hacking para e-commerce

Esses processos giram em torno de um ciclo que se repete o número de vezes necessário para um projeto atingir os números desejados

26/9/2022

5G no e-commerce e nas relações de consumo do varejo

A nova tecnologia promete impactar uma série de outros setores da economia, interligando serviços e dispositivos e tornando as cidades mais inteligentes

20/9/2022