Estratégias

9 erros de infoprodutos que você não deve cometer

Lançar um infoproduto de sucesso não é tarefa fácil, mas você pode aprender com a experiência de quem já está na estrada. Para te ajudar, elencamos 9 erros comuns.

Navegue pelo texto

Lançar um produto digital de sucesso é um marco importante para qualquer empreendedor no cenário do comércio eletrônico. No entanto, este processo é repleto de armadilhas e erros comuns que podem comprometer todo o esforço investido. Compreender esses desafios é fundamental para evitar falhas e maximizar suas chances de sucesso.

Para auxiliar você nessa jornada, compilamos uma lista com nove erros frequentes que empreendedores cometem ao lançar produtos digitais. Ao ficar atento e evitar essas falhas, você estará um passo à frente na garantia de que seu produto não apenas atenda, mas supere as expectativas do mercado. Vamos lá?

Os erros de infoprodutos que você não deve cometer

1. Criar vários produtos ao mesmo tempo

Um erro muito comum que é causado pela afobação. Mesmo que você tenha mais de uma boa ideia de uma vez, trabalhe cada produto de uma vez. Muitas pessoas, tentando criar os melhores materiais possíveis, acabam investindo em diversos produtos concomitantemente e o resultado é que nenhum deles vende muito bem.

E isso acontece por um motivo simples: falta de foco. Com muitos produtos na mão, torna-se mais difícil focar nas estratégias de marketing e tentar fazê-los crescer. Além disso, dependendo da estrutura que você tem, pode ser bastante complicado dar conta do copy necessário para cada um (e-mail, anúncio, vídeo, vendas etc.).

Outro problema de lançar vários produtos ao mesmo tempo é a falta de posicionamento no mercado. Afinal, quem trabalha com uma gama de produtos pode tirar o foco da sua especialidade.

2. Aumentar a esteira de produtos

Há uma máxima no mundo do marketing e das vendas que diz que é mais barato vender para quem já é seu cliente do que tentar conquistar um novo. Essa frase é muito repetida e bem aceita, mas é preciso ponderar: para quem está começando, isso não é bem assim.

Estratégias de cross-sell, upsell e downsell são bastante válidas, mas podem ser complicadas para negócios iniciantes. Para quem ainda não possui uma boa estrutura e não tem um grande hit no mercado, essa é uma tarefa bastante complexa.

E isso se torna ainda mais grave quando combinamos com o erro número 1, ou seja, quando a pessoa quer visualizar o funil e a jornada de vendas completa antes mesmo de consolidar um produto no mercado. É preciso considerar que a relação entre os diferentes produtos lançados pode não ser a ideal. Você precisa conhecer sua audiência e seus produtos.

3. Não saber precificar

Os preços dos infoprodutos não podem ser tirados do nada. A conta é muito mais complexa e exige que você conheça quais são seus custos para criar e vender o seu produto: ferramentas de e-mail, domínio, hospedagem, taxa de hotmart, impostos, entre outros fatores que fazem parte da sua estratégia. Saber precificar é fundamental para não cobrar valores abusivos e ou pequenos demais, que podem fazer com que você feche no prejuízo.

4. Implementar várias estratégias ao mesmo tempo

Hoje o que não faltam são cursos e conteúdos ensinando sobre praticamente tudo. Nesse turbilhão de informações, é preciso ter cuidado. Tentar colocar em prática mais de uma estratégia ao mesmo tempo pode ser arriscado. Afinal, não sabemos se elas são complementares ou não; uma pode atrapalhar a outra.

Nesse caso, escolha uma estratégia que você considera ideal e tente segui-la. Só parta para outra metodologia quando você vir que a ideia inicialmente aplicada não vai para frente ou já está consolidada.

5. Criar versão barata/básica do produto principal

Outra estratégia que merece cuidado. Em muitos casos, o lançamento de uma versão básica pode atrapalhar o produto principal, pois a proposta é a mesma e pode não ter apelo e confundir a audiência.

A promessa de entrega dos dois produtos não pode ser a mesma. É melhor, por exemplo, lançar uma versão básica que foque em um único aspecto que a solução completa aborda, deixando claro para o público que são dois produtos diferentes, e não uma versão "baratinha" do principal.

6. Não entender o tempo de maturação do produto

Este é um erro que costuma matar muitos infoprodutos. É necessário entender que todo produto tem seu tempo para se tornar maduro junto ao mercado e criar tração. Geralmente, um infoproduto tem um período inicial de ROI negativo - e é preciso persistir. Para isso, é importante trabalhar com produtos que têm margem para aguentar essa espera.

Vale dizer que isso não significa que você tem que esperar eternamente. Insista com o produto até um valor que ainda seja confortável e que não comprometa seu caixa. Se as métricas continuarem indicando um desempenho de vendas abaixo do esperado, isso pode ser sinal de um problema e, aí sim, é necessário reavaliar as estratégias.

7. Perfeccionismo

Se você for esperar que todos os detalhes estejam perfeitos para lançar o produto, você não vai lançá-lo nunca. Então, não se prenda a detalhes sem muita importância, como sua aparência no vídeo ou o design da landing page. Algumas coisas podem ser ajustadas posteriormente.

8. Marketing apelativo

São aquelas promessas exageradas e muito difíceis ou impossíveis de serem cumpridas, ao estilo "venda X mil reais em Y horas!". O marketing apelativo pode atrapalhar seu produto e queimar sua imagem no mercado. Por isso, é preciso ser mais específico e realista nas promessas de entrega do infoproduto. Ao fazer isso, você gera muito mais credibilidade e confiança no público.

9. Parar de plantar sementes

Se tudo der certo, vai chegar um ponto em que seu infoproduto estará vendendo bem, sem que seja necessário muito esforço ativo. O problema é que, nesse momento, muitas pessoas se acomodam, acreditando que aquela semente dará frutos para sempre. Não se iluda com isso.

Tenha em mente que todo anúncio - e até mesmo os resultados orgânicos - têm um ciclo de vida. Mesmo que os resultados estejam se mantendo consistentes, vai chegar um dia em que isso vai acabar, vai entrar em saturação.

Assim, continue colocando em prática as ações para crescer. Isso garantirá que, quando o momento de baixa chegar, você já tenha semeado outras sementes que estarão prontas para dar frutos lucrativos.

Esperamos que este post tenha ajudado você com os erros de infoproduto que você não deve cometer. Para mais artigos sobre o assunto e mais estratégias para se destacar nas vendas, continue acompanhando o blog da Betminds!

E se você precisa de ajuda para desenvolver estratégias para a sua empresa e melhorar as suas vendas, fale com a gente!

Para mais artigos, cases e estratégias para se destacar com o seu comércio eletrônico, continue acompanhando o blog da Betminds e se inscreva no The Future Of E-commerce, a newsletter com conteúdos todas as segundas, terças e quintas direto no seu e-mail!

Acompanhe também a Betminds nas redes sociais: nós siga no linkedin, no tiktok e no Instagram.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

VTEX Vision Spring '24: Confira todas as novidades da plataforma

Neste ano, a empresa revelou uma série de novidades focadas em AI, novas soluções de produto, e melhorias significativas na plataforma. Vamos conferir?

24/5/2024

Certificação de patentes também é necessário para garantir segurança digital de e-commerces

Repetição de domínios sem suporte legal pode tirar sites do ar e impedir vendas na internet

24/5/2024

A profissão que poderá gerar 90 mil vagas de emprego por ano no Brasil e não é do setor de tecnologia!

Professor da Strong Business School prevê alta demanda de profissionais nos próximos anos. Saiba mais!

21/5/2024