Varejo

Instagram 2023 em números: dados exclusivos para desvendar o algoritmo

O Instagram é uma das redes sociais mais utilizadas no mundo. Confira dados de uma pesquisa que traz os principais números do Instagram em 2023.

Navegue pelo texto

Segundo o site Statista, o Instagram é a quarta rede social mais utilizada em todo o mundo ¹. São mais de 1,4 bilhão de usuários, atrás apenas de Facebook, YouTube e WhatsApp, respectivamente.

O Brasil possui a terceira maior base de usuários do Instagram do planeta ². Cerca de 119 milhões de brasileiros estão conectados à rede social da Meta, o que coloca o país atrás de Índia e Estados Unidos.

Esses números refletem bem as oportunidades que estar nesta rede pode representar para empresas e pessoas no Brasil. Pensando nisso, a seguir trazemos alguns dados de uma pesquisa realizada pela Opinion Box que traz os principais números do Instagram em 2023. Acompanhe!

O retrato do Instagram no Brasil

O Painel da Opinion Box entrevistou mais de 2200 pessoas em janeiro de 2023.

Alguns dados demográficos da pesquisa:

  • 52% mulheres, 48% homens;
  • 15% das classes A e B, 85% das classes C, D e E;
  • 31% entre 16 e 29 anos, 44% entre 30 e 49 anos, 25% com 50 anos ou mais.

Isso posto, a pesquisa traz algumas descobertas interessantes.

O Instagram é a rede social mais utilizada, sendo apontada por 49% dos entrevistados. Para se ter uma ideia da força da plataforma no Brasil, a segunda colocada (YouTube) aparece com 19%.

Mais da metade das pessoas (55%) acessa o Instagram várias vezes ao dia, enquanto 23% afirmaram manter a rede aberta o dia todo. Além disso, 16% disseram abrir o app pelo menos uma vez por dia.

Os dados de frequência de uso também impressionam quando analisamos por grupo etário. Entre o público de 16 a 29 anos, 83% dizem usar o app várias vezes ao dia ou deixá-lo aberto permanentemente. E não é algo exclusivo dos mais jovens: entre 30 e 49 anos, esse percentual é de 78%; e mesmo entre quem tem mais de 50 anos de idade, mantém 70%.

A percepção do público

A pesquisa também perguntou aos usuários sua percepção em relação ao conteúdo do Instagram. Para isso, foram feitas afirmações, com as quais as pessoas poderiam concordar ou discordar. O resultado é o seguinte:

  • Instagram em excesso pode fazer mal para a saúde mental: 11% discorda, 66% concorda;
  • Tem muita fake news no Instagram: 10% discorda, 60% concorda;
  • A vida mostrada no Instagram costuma ser falsa: 12% discorda, 56% concorda;
  • Gasto muito do meu tempo no Instagram: 22% discorda, 49% concorda.

Relacionamento com as marcas

O levantamento mostra que 44% dos usuários do Instagram no Brasil utilizam a rede para interagir com empresas. Ao todo, 82% dos entrevistados seguem alguma marca na rede, sendo que 64% afirmaram já ter comprar um produto ou serviço por meio da plataforma.

Desde 2021, o recurso Loja vem crescendo entre os usuários brasileiros. Porém, com as mudanças recentes na rede (que recitou o ícone da loja da barra do app), o crescimento foi tímido.

Apenas 11% afirmaram ter comprado um produto usando a funcionalidade, sendo que 25% disseram nunca ter usado e 36% sequer conheceram o recurso.

Por outro lado, o público parece disposto a se relacionar com empresas na rede. Perguntados se o Instagram pode aproximar marcas e pessoas, 79% afirmaram que sim. Já para 77%, as empresas têm que estar presentes na plataforma.

Um dado mais divisivo diz respeito aos anúncios. Ao todos, 46% já compraram a partir de um ad do Instagram. No entanto, apenas 8% dos entrevistados disseram clicar frequentemente nos anúncios, enquanto 16% afirmaram nunca fazer isso.

Isso talvez tenha relação com a percepção do público em relação ao tipo de ad que é mostrado para eles. Enquanto 56% dizem que os anúncios que aparecem têm a ver com seu perfil, 37% dizem que não.

Nesse sentido, o estudo buscou a opinião das pessoas sobre a polêmica relacionada à quantidade de ads no Instagram. Quando perguntados se o número de anúncios é excessivo, 57% concordaram. Além disso, 50% disseram não gostar de ver conteúdos patrocinados na sua timeline, e 56% concordam que há muitos anúncios falsos na rede.

Marketing de influência no Instagram

O marketing de influência é outro grande filão do Instagram. A pesquisa mostra que 70% das pessoas seguem influenciadores e que 61% já compraram algo indicado por um desses perfis.

Quando perguntados sobre a influência que essas pessoas exercem na sua decisão de compra, 15% disseram que influencia muito, enquanto 14% afirmaram que não influencia em nada. Porém, há outros 20% que acreditam que os influenciadores têm papel nas suas decisões, embora em menor escala.

Já em relação aos assuntos que os influencers tratam, temos a seguinte divisão (os cinco maiores):

  • 43% saúde e fitness;
  • 43% viagem e turismo;
  • 41% finanças;
  • 38% humor;
  • 34% gastronomia e receitas.

Mais uma vez, a Opinion Box testou a percepção do público. Quando questionados se o Instagram os aproxima de pessoas famosas, 52% disseram que sim. Já em relação ao consumo, 48% concordaram com a afirmação de que se sentem mais seguros para comprar produtos e serviços indicados por algum perfil que seguem.

Stories e Reels

Para marcas e influenciadores, é fundamental conhecer as preferências do público. E no Instagram, isso envolve saber quais recursos as pessoas mais gostam e utilizam.

Segundo o levantamento, 56% dos entrevistados gostam muito do Stories, enquanto apenas 2% não gostam. Mais do que isso: 55% deixam assistir Stories várias vezes ao dia, contra apenas 1% que diz nunca assistir.

Já em relação ao Reels, o cenário é semelhante. Enquanto 45% dizem gostar muito, há 4% que desgostam da funcionalidade. Ao todo, 34% assistem aos Reels todos os dias. Além disso, 65% afirmaram que, quando começaram a ver Reels, viram vários na sequência.

É curioso notar, também, a relação entre o consumo e produção de Stories e Reels. Como vimos, mais da metade das pessoas assiste Stories diversas vezes ao dia. Em contrapartida, a produção segue um caminho oposto: 27% dizem publicar Stories raramente e 15% menos de uma vez por semana.

Nos Reels, a história se repete: 30% nunca publicam neste formato e 30% disseram fazê-lo raramente. Bom sinal para as marcas, pois indica que as pessoas estão mais interessadas em consumir conteúdos nesse formato do que em publicar.

Por fim, há outro recurso que merece destaque: as mensagens diretas ou DMs. A pesquisa mostra que 78% das pessoas dizem usá-las. Embora o foco maior seja a comunicação com amigos e familiares (76%),mais de um terço dos usuários (34%) usa as mensagens diretas para interagir com empresas, enquanto 23% mandam DMs para influenciadores.

E para mais artigos, cases e estratégias para se destacar com o seu comércio eletrônico, continue acompanhando o blog da Betminds e se inscreva no The Future Of E-commerce, a newsletter com conteúdos todas as segundas, terças e quintas direto no seu e-mail!

Referências

¹ STATISTA. Leading countries based on Instagram audience size as of January 2022. Disponível em: https://www.statista.com/statistics/578364/countries-with-most-instagram-users/. Acesso em 6 fev. 2023.

² STATISTA. Most popular social networks worldwide as of January 2022, ranked by number of monthly active users. Disponível em: https://www.statista.com/statistics/272014/global-social-networks-ranked-by-number-of-users/. Acesso em 6 fev. 2023.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

VTEX Pick and Pack: Como expandir sua operação omnichannel

Desenvolvida pela VTEX, essa ferramenta é projetada para otimizar todas as etapas da logística de pedidos, desde a coleta até a entrega final. Saiba mais!

23/4/2024

FastStore: A Solução VTEX para Construir Lojas Virtuais de Alto Desempenho

Neste artigo, vamos explorar em detalhes o que é o FastStore, suas principais características, vantagens e como ele pode transformar o desempenho do seu e-commerce. Confira!

23/4/2024

Como criar parcerias estratégicas para vender mais com o Digital

Neste episódio do Digital Commerce, conversamos com Mariana Ponzini de Azevedo, da Red Bull, sobre gestão de pessoas e estratégias de e-commerce para a indústria.

23/4/2024