Podcast

Pós-Vtex Day 2023: Tendências e Perspectivas para o e-commerce

Se você é um varejista digital ou está mergulhando de cabeça no mundo do e-commerce, este episódio é imperdível!

Navegue pelo texto

O VTEX Day 2023 foi realizado nos dias 5 e 6 de junho, no São Paulo Expo. Com o tema "O Dia de Fazer Acontecer", o evento contou com oito palcos distribuídos em cinco pavilhões. Mais de 20 mil pessoas compareceram em cada dia. Realizado há 10 anos, o Vtex Day é um dos maiores eventos de digital commerce do mundo. E as plateias e debates sempre geram insights importantes para o mercado.

Para falar sobre tudo isso, tivemos a honra de receber Maurício Grabowski, gerente de e-commerce e marketplace da Balaroti, a maior rede de materiais de construção do sul do Brasil, e Fernando Scheffer, diretor de marketing digital e e-commerce do Espaço Smart, a principal empresa de construção a seco do país. Ambos compartilharam suas experiências como palestrantes no evento e discutiram as principais tendências e perspectivas para o setor de e-commerce.

Como foi a experiência de palestrar no Vtex Day?

Maurício diz que foi uma surpresa. Ele foi convidado para contar sobre a implementação da Vtex na empresa e ficou surpreso com a experiência. Segundo ele, o evento é uma vitrine importante para dar mais visibilidade ao negócio.

Para Fernando, a participação foi bastante benéfica pelo fato da Espaço Smart ter apenas pouco mais de um ano de e-commerce. Segundo ele, foi uma oportunidade de aprendizado estar ao lado de grandes players do mercado.

Os principais destaques do evento

Maurício destaca dois fatores marcantes no evento: a quantidade de pessoas presentes e a mudança de foco nas discussões. Segundo ele, a inteligência artificial foi um dos assuntos mais comentados.

Outro destaque importante que ele traz é o nível de maturidade das empresas para trabalhar com omnichannel. Para ele, as empresas parecem ter entendido o funcionamento e a importância dessa estratégia.

Como novato no evento, Fernando comenta a variedade do ecossistema da Vtex e também ressalta a omnicanalidade. Ele diz que este é o assunto que não é mais uma tendência, mas uma realidade nas empresas. Digital e físico formam um canal só.

Ele também aponta os debates sobre tendências de conversação e life shopping que aconteceram no evento, além da estratégica C2C (consumidor para consumidor), a partir de afiliados.

Rafael também deu seu pitaco e destacou a tecnicidade das palestras. Para o nosso CEO, é papel dos profissionais de e-business evoluírem e entenderem as possibilidades da tecnologia nas empresas. E isso inclui tendências como IA e Chat GPT.

O D2C no e-commerce

Maurício destaca que o D2C é um caminho sem volta. Não à toa, a Balaroti investe em marketplaces, e isso é uma forma de trazer todo o portfólio da marca para um só lugar - o que não é possível nas lojas físicas.

Ele também aponta a importância do D2C como "laboratório" para testes e como forma para controlar a exposição dos produtos da marca.

Já Fernando aponta que se impressionou como este assunto esteve em voga no Vtex Day. Segundo ele, o varejo é quem tem as informações dos consumidores, e isso é fundamental para que a indústria possa entender melhor seus clientes. Ele também diz: este é um caminho sem volta.

Rafael comenta que muitas empresas ainda não abriram os olhos para todas as potencialidades do e-commerce, indo além de encará-lo como mais um canal de vendas da empresa.

Maurício destaca, por exemplo, o caso da Suvinil. A marca de tintas não realiza a venda on-line direta para seus clientes, mas usa o site como um hub de informação, potencializando seus pontos de venda.

Inteligência artificial no e-commerce

Rafael comenta sobre a iniciativa do Carrefour junto à Vtex para o uso da IA tanto em bots quanto para a criação automatizada da descrição de produtos do site.

Ele também fala sobre os cases do uso da inteligência artificial no exterior, que já está mais avançado que no Brasil. Um deles é a Shopify, que criou um consultor de vendas que reúne todas as informações do e-commerce e permite aos consumidores, por exemplo, descrever seu estilo e, a partir dessas informações, receber sugestões de vestuário.

Maurício aponta a complexidade que a IA vai trazer para os negócios. Ele diz que se trata de algo extremamente disruptivo e que vai mudar completamente o cenário como conhecemos.

Fernando comenta que não sabemos os rumos que a inteligência artificial vai tomar. Ele lembra de uma palestra que viu no Vtex Day de uma empresa que já usa a IA para atendimento e, em breve, a implementaria para vendas.

Embora ele reconheça que o mercado brasileiro ainda está nos primeiros passos, ele acredita que esse é um processo que acontecerá rapidamente e em pouco tempo será a nova realidade das empresas. E isso sobretudo por conta da eficiência dessa tecnologia.

Outro caso visto no evento que comentamos na conversa é do mercado St. Marché, em São Paulo. Atualmente, a loja adota o paysafe, tecnologia baseada em IA que permite ao cliente pagar apenas por reconhecimento facial.

Customer Data Platform (CDP) como tendência no e-commerce

Um dos aspectos que ainda precisam evoluir no e-commerce brasileiro é entender a jornada completa do usuário.

Nesse sentido, a CDP permite às empresas centralizar todos os dados, coletando informações de todas as frentes possíveis de contato entre cliente e marca (físicas, anúncios, on-line etc.). Com isso, é possível criar um perfil mais preciso e unificado de cada usuário.

Maurício comenta que a própria Vtex já trilha este caminho e que a própria Balaroti já teve conversas com empresas para realizar essa integração. Para ele, isso é fundamental para criar uma maior personalização para o cliente e também para trabalhar com os limites impostos pela LGPD.

Fernando fala que falar em dados, assim como omnichannel, já é assunto consolidado e que deve fazer parte da realidade das empresas.

Ele conta que teve a oportunidade de visitar uma das lojas da Amazon Go e que, segundo o representante da empresa, a venda ali é encarada como uma consequência. O foco é mesmo a coleta de dados dos consumidores e seu uso estratégico.

Estes foram só alguns dos destaques da nossa conversa sobre o Vtex Day.

Conversamos também sobre UX/UI, políticas ESG, presença digital, web performance e muito mais! Se você é um varejista digital ou está mergulhando de cabeça no mundo do e-commerce, este episódio é imperdível!

Assista o episódio completo

O episódio na íntegra já está no ar, então eu te convido para assisti-lo, dando play no vídeo abaixo ou para escutá-lo direto no spotify, clicando aqui!

Curtiu? Então, fique ligado no Digital Commerce - o Podcast e ouça a conversa na íntegra! Você também pode clicar aqui e conferir outros episódios.

Acompanhe também a Betminds nas redes sociais: nós siga no linkedin, no tiktok e no Instagram.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Temu: Um Novo Gigante no Comércio Eletrônico

A Temu, pertencente à PDD Holdings, empresa-mãe da Pinduoduo, expandiu rapidamente sua presença, sendo frequentemente comparada com gigantes do e-commerce como Shein, Amazon e Shopee.

28/5/2024

Arezzo&Co anuncia mudança de nome para Azzas 2154 após fusão com Grupo Soma

O novo nome, Azzas 2154, faz referência ao ano 2154, utilizado pelo CEO Alexandre Birman como um lema de visão estratégica e futuro para a companhia, com o slogan ”Arezzo rumo a 2154”.

28/5/2024

VTEX Personal Shopper: O que é e como funciona

Com o aumento da demanda por personalização e atendimento exclusivo, o VTEX Personal Shopper surge como uma inovação essencial para empresas que buscam melhorar o atendimento, aumentar a conversão e reduzir custos operacionais.

24/5/2024