E-commerce

One Stop Shop: o que é e quais os benefícios dessa tendência?

Entenda o conceito de One Stop Shop, quais são seus principais benefícios para consumidores e empresas e como é possível aplicá-lo ao seu negócio.

Navegue pelo texto

O avanço da tecnologia e a pandemia aceleraram mudanças no comportamento do consumidor que impactaram em cheio o varejo, físico e digital. Já não bastasse a alta concorrência do setor, a jornada de compra tem se tornado mais complexa e os clientes, exigentes.

Um dos movimentos que se intensificou após a crise sanitária foi a busca por mais praticidade e comodidade. As pessoas não querem visitar diferentes lojas para encontrar o que precisam; elas querem, sempre que possível, comprar tudo em um só lugar. E é aqui que entra a One Stop Shop.

Neste post, vamos entender melhor sobre o que é e como funciona uma One Stop Shop. Boa leitura!

O que é One Stop Shop?

One Stop Shop é um modelo de negócio que oferece tudo o que o cliente precisa em um só lugar. O conceito deriva da origem dos supermercados, nos Estados Unidos, que mudaram a lógica de compra dos consumidores americanos. Em vez de precisar ir à padaria, ao açougue e à quitanda, as pessoas passaram a encontrar tudo o que necessitavam em um mesmo estabelecimento.

Hoje, o conceito de One Stop Shop não se aplica apenas a lojas físicas, como também negócios digitais, sejam eles plataformas, aplicativos ou sites de e-commerce.

Um exemplo são os marketplaces. Além de funcionarem como um shopping center digital, reunindo marcas e lojas de diferentes setores, os sites permitem, inclusive, fechar um único carrinho com os produtos de diferentes vendedores.

O apelo da One Stop Shop segue o mesmo desde sua criação: proporcionar praticidade para o consumidor. Em vez de acessar diferentes sites para comprar o que precisa, ele encontra todos os produtos que busca em um mesmo site, fechando um só pedido - mesmo que a logística seja separada.

Benefícios do One Stop Shop

Assim como o e-commerce como um todo, o modelo One Stop Shop cresceu em função da pandemia, que causou mudanças importantes no comportamento dos consumidores. Agora, as pessoas buscam ainda mais conveniência e praticidade.

Isso se relaciona com as novas formas de jornada de compra que temos observado. Os compradores buscam uma experiência otimizada, com menos cliques e janelas. Portanto, se puderem comprar tudo em um só lugar, melhor.

Isso posto, destacamos algumas das vantagens do One Stop Shop para empresa e consumidores:

  • Experiência de compra mais comida e eficiente: a centralização permite tornar a jornada mais rápida e prática.
  • Aumento das vendas e do ticket médio: como as pessoas querem praticidade, é mais provável que elas procurem (e compram) mais coisas no mesmo site. E isso aumenta o valor dos pedidos.
  • Retenção e fidelização: se o cliente acha a maioria das coisas que quer comprar em um mesmo lugar, as chances de ele sempre recorrer ao mesmo site quando precisar são maiores. Não só isso se reflete no aumento do LTV, como também aprofunda o relacionamento com a marca.

Como implementar o One Stop Shop

A implementação de uma estratégia de One Stop Shop tem como ponto de partida uma análise das necessidades do cliente. Afinal, os produtos oferecidos devem estar alinhados à proposta da marca e às necessidades do consumidor. Se o público-alvo da empresa não tem interesse em um determinado item, não há por que disponibilizá-lo.

E para entender essas necessidades, é necessário compreender os hábitos e as preferências deste público. Nesse sentido, deve-se planejar uma gama de itens que possam ser oferecidos como complementares aos produtos mais importantes.

Ou seja, dentro do contexto da marca e da sua persona, quais produtos podem agregar valor à compra do cliente? Pense nos supermercados e como, por exemplo, na seção onde ficam as massas sempre há um estande com pacotes de queijo ralado e uma gôndola com molhos de tomate.

Uma das melhores formas de descobrir isso é a boa e velha análise da concorrência. Mas não basta isso. Fazer pesquisas com o público-alvo e avaliar a experiência do cliente é vital para identificar gargalos e oportunidades de melhora.

Uma vez que esse mix foi definido, é preciso investir em estratégias de marketing para divulgar sua One Stop Shop, reforçando a mensagem de "tudo em um só lugar". Se o público for muito nichado, reforçar as marcas e produtos também é um ponto de atração relevante.

-

E se você precisa de ajuda para desenvolver estratégias para a sua empresa e melhorar as suas vendas, fale com a gente!

Acompanhe também a Betminds nas redes sociais: nos siga no linkedin, no tiktok e no Instagram

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Temu: Um Novo Gigante no Comércio Eletrônico

A Temu, pertencente à PDD Holdings, empresa-mãe da Pinduoduo, expandiu rapidamente sua presença, sendo frequentemente comparada com gigantes do e-commerce como Shein, Amazon e Shopee.

28/5/2024

Arezzo&Co anuncia mudança de nome para Azzas 2154 após fusão com Grupo Soma

O novo nome, Azzas 2154, faz referência ao ano 2154, utilizado pelo CEO Alexandre Birman como um lema de visão estratégica e futuro para a companhia, com o slogan ”Arezzo rumo a 2154”.

28/5/2024

VTEX Personal Shopper: O que é e como funciona

Com o aumento da demanda por personalização e atendimento exclusivo, o VTEX Personal Shopper surge como uma inovação essencial para empresas que buscam melhorar o atendimento, aumentar a conversão e reduzir custos operacionais.

24/5/2024