Trends

Live commerce: o que é e como você pode usar aí na sua empresa

A pandemia potencializou o live commerce e tornou ainda mais competitivo o mercado de vendas pela internet. Confira como entrar nessa onda!

A pandemia potencializou o live commerce e tornou ainda mais competitivo o mercado de vendas pela internet. Em outras palavras, é preciso se destacar e tornar-se relevante ao público para não correr o risco de ficar pra trás. Por isso, com certeza a sua empresa precisa acompanhar essa tendência e se preparar para os inúmeros desafios que fazem parte desse processo.

Em tempos de isolamento social e outras medidas de prevenção contra o coronavírus, o e-commerce navega em previsões muito otimistas. Em 2021, de acordo com um estudo do Ebit | Nielsen, é previsto um crescimento de 26% no segmento – o que significa um faturamento de R$ 110 bilhões. Diante de um cenário tão promissor, a aposta no live commerce é um diferencial necessário para o seu negócio.

Para se ter uma ideia do boom do comércio eletrônico no Brasil, o aumento do número de lojas virtuais no país foi superior a 40% no período de agosto de 2019 a agosto de 2020, de acordo com informações do portal de notícias G1. Isso significa uma explosão nos negócios no modelo e-commerce – que saltaram de 930 mil para 1,3 milhão nesse período.

Não à toa, a modalidade já é adotada por empresas como Americanas, Magalu, Amazon, Submarino, Multiplan e Dengo. E como o seu negócio também pode se destacar nesse momento efervescente por meio do live commerce? Vamos lá!

Afinal, o que é o live commerce?

Tido como a grande evolução do e-commerce – há até quem diga que trata-se da maior inovação após a criação do smartphone –, o live commerce também é conhecido como live stream shopping e shop streaming. Em linhas gerais, a modalidade de vendas on-line oferece uma experiência de compra por meio de uma transmissão ao vivo pela internet.

Criado na China, em 2016, o live commerce permite a interação entre a empresa (normalmente representada por influenciadores digitais ou artistas renomados) e os clientes, que têm a oportunidade – em tempo real – de conhecer e tirar dúvidas sobre os produtos. Trata-se de uma chance valiosa do seu negócio se destacar e obter resultados muito satisfatórios.

Só para se ter uma ideia do impacto do live commerce na China, a modalidade foi responsável, em 2019, por um faturamento de US$ 63 bilhões – valor correspondente a 10% do varejo on-line chinês. Outro diferencial diz respeito às ferramentas utilizadas, que são capazes de direcionar o consumidor – caso exista o interesse de compra – para o aplicativo ou site da marca. Veja alguns pontos importantes para a avaliação dessa estratégia para a sua empresa!

Benefícios e desafios do live commerce para a sua empresa ou negócio

Não há dúvidas sobre o bom momento do e-commerce no Brasil e das perspectivas ainda mais positivas trazidas pelo live commerce. Para se destacar nesse mercado, é preciso ficar atento a alguns quesitos essenciais para assegurar o bom desempenho da sua empresa ou negócio nessa empreitada.

Afinal, o público está cada vez mais exigente e é preciso investimento para assegurar a melhor experiência em tempo real para os seus potenciais consumidores. Confira agora os benefícios e desafios do live commerce para a sua empresa ou negócio:

Benefícios

  • Garante um aumento de até 10 vezes do engajamento e da taxa de conversão.
  • Possibilita a captura de leads da audiência.
  • Permite a monetização de suas apresentações (pay-per-view e até doações on-line).
  • Gera uma aproximação da experiência da compra on-line com a tradicional da loja física por conta da interação em tempo real.
  • Potencializa as vendas com a participação de influenciadores e artistas das mais diversas áreas.

Desafios

  • Investir em infraestrutura, que inclui desde a plataforma de transmissão (streaming) até cenários.
  • Adequar o site para que suporte a elevação demasiada do número de acessos, principalmente durante as transmissões, que acabam gerando picos de visitas muito acima da média.
  • Planejar com toda cautela a ação de live commerce, afinal, imprevistos são rotina em transmissões ao vivo. É preciso sempre ter um “plano b” à disposição para qualquer eventualidade.
  • Elaborar um bom roteiro para atrair a atenção do público, que, de certa forma, está cansado também da exposição demasiada às telas.

Live commerce será uma ferramenta essencial para a captação de leads

Mais do que uma solução para inúmeras lacunas verificadas no e-commerce, o live commerce tem outros benefícios. Com a impossibilidade da obtenção, a partir de 2022, dos dados de navegação dos usuários na internet (third-party cookies), o marketing digital vai precisar de novos caminhos para formular suas campanhas e ações.

Com essa mudança, as marcas vão precisar gerar dados proprietários, ou seja, o melhor caminho para isso é a criação de conteúdo e o live commerce se destaca como uma das principais ferramentas disponíveis para alcançar esse objetivo e garantir a captação de leads. Não há como sua empresa ou negócio ficar fora desse movimento.

Por essas e outras razões, o e-commerce tradicional vai ficando para trás e a adaptação às novas tendências – leia-se live commerce – torna-se regra obrigatória para quem pretende incrementar e sofisticar seus negócios. Sua empresa está preparada para fazer a diferença?

Esperamos que esse post tenha ajudado você a entender as inovações trazidas pelo live commerce para as vendas pela internet. Para mais artigos e estratégias para se destacar com o seu comércio eletrônico, continue acompanhando o blog da Betminds e se inscreva aqui no The Future Of E-commerce, a newsletter com foco em e-commerce com conteúdos todas as segundas, terças e quintas direto no seu e-mail!

E se você precisa de ajuda para desenvolver estratégias para o seu e-commerce, melhorar as suas vendas e aumentar o seu ROAS, fale com a gente!

Acompanhe também a Betminds nas redes sociais: nós siga no linkedin e no Instagram.

Até a próxima matéria :) 

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Ações de marketing para Black Friday: 10 dicas para faturar bem

Separamos 10 ações de marketing para Black Friday para você pôr em prática no seu e-commerce.

22/9/2022

Estratégias de growth hacking para e-commerce

Esses processos giram em torno de um ciclo que se repete o número de vezes necessário para um projeto atingir os números desejados

26/9/2022

5G no e-commerce e nas relações de consumo do varejo

A nova tecnologia promete impactar uma série de outros setores da economia, interligando serviços e dispositivos e tornando as cidades mais inteligentes

20/9/2022