Composable

iFood usa inteligência artificial para revolucionar a interação com seus usuários

A empresa brasileira de tecnologia passa a usar Inteligência artificial para revolucionar a relação do consumidor com a plataforma de delivery com novas soluções a partir de julho. E só está começando!

Navegue pelo texto

Já imaginou pedir um lanche por meio de  um simples comando de voz? Ou ainda, montar o cardápio do almoço de domingo, comprar todos os ingredientes nas quantidades certas e com o melhor preço de maneira simples e rápida? Ou ainda, compartilhar toda a sua lista de supermercados de forma rápida e fácil? Essas são as novidades que o iFood, empresa brasileira de tecnologia, passa a oferecer a seus usuários a partir de agora.

Há anos, a empresa investe e desenvolve diversos modelos de inteligência artificial (A.I.) para gerar mais eficiência na sua operação, tendo como prioridade a melhora dos seus processos internos. Afinal, imagina realizar 75 milhões de pedidos por mês, em 1.700 cidades do Brasil, com 330 mil parceiros, 200 mil entregadores e mais de 40 milhões de usuários, se não fosse por meio de tecnologias super avançadas? Sem contar o número de itens disponíveis na plataforma e seus diferentes preparados, considerando refeições.

“A inovação está no DNA do iFood e, nos últimos cinco anos, reforçamos os nossos investimentos em Inteligência Artificial com o foco de trazer soluções que facilitem o dia a dia dos nossos clientes, entregadores e restaurantes parceiros. Hoje, temos 17 times de aprendizado de máquina e 120 modelos de A.I., que operam diariamente, fazendo por mês, aproximadamente, 10 bilhões de recomendações em nosso ecossistema. Isso contribui com todos os nossos serviços, como, por exemplo, na melhor recomendação ao cliente, segmentação de marketing, rotas, tempo de entrega - incluindo tempo de preparo de pratos,  entre outros exemplos, que terão impactos positivos no uso dessas novas tecnologias”, diz Fabrício Bloisi, CEO do iFood.

“Este momento é um marco para o iFood como o próximo grande passo na evolução sobre como interagimos com a tecnologia, que impacta na maneira como trabalhamos e proporciona uma nova onda de experiências de consumo, que poderá inspirar diversas empresas a acelerarem o crescimento com A.I.“, declara Fabrício.

Para o executivo, as oportunidades geradas pelo uso de inteligência artificial são muitas e ao longo dos meses, mais soluções serão apresentadas a todos aqueles que usam o iFood, dentro da plataforma ai.iFood.

Para impulsionar compras em supermercados e pequenos estabelecimentos, o iFood apresenta agora, em julho, o Compr.A.Í,  uma funcionalidade que usa  a Inteligência Artificial para transformar listas de compras em textos a partir de mensagens escritas por consumidores via WhatsApp, oferecendo ao empreendedor uma jornada exclusiva que conecta estabelecimentos com seus clientes, agilizando o processo, desde a conversa inicial até o recebimento de pedidos e vendas. Trata-se de uma integração de aplicações do iFood, WhatsApp e dos modelos da OpenAI.

“O Compr.AI cria uma experiência que era impensável há seis meses no mundo, permitindo fazer compras como se fosse em uma conversa com sua assistente. Ele permite que os consumidores naveguem por categorias de produtos e disponibiliza opções e preços, tornando a criação e edição de listas de compras mais fácil do que nunca. Funciona, inclusive, com o envio de uma foto, gerando uma lista de compras a partir da imagem”, enfatiza Fabricio.

Também em julho, os usuários poderão fazer seus pedidos em mercados no aplicativo do iFood com outra função, que usa simples comandos de voz como: “quero um café da manhã com poucas calorias”; “preciso fazer um jantar para quem gosta de ervilha”; “ingredientes para um bolo de cenoura” ou “estrogonofe para cinco pessoas”. A partir do comando, o iFood cria uma lista de produtos necessários para realizar os pedidos, indicando os melhores mercados, inclusive comparando preços entre estabelecimentos. Tudo isso usando a voz sem qualquer clique. “Você simplifica a vida do usuário e até torna divertido o momento de compra”, diz Fabricio.

O impacto que a Inteligência Artificial trouxe para o iFood nos últimos cinco anos colocou a empresa no ranking das dez companhias mais inovadoras da América Latina. Os investimentos nessa frente nesses últimos anos possibilitaram uma experiência totalmente inovadora ao ecossistema, que tem aplicado Inteligência Artificial diariamente para garantir as melhores soluções possíveis aos clientes, entregadores e restaurantes. Agora, o grande objetivo é tornar a empresa brasileira de tecnologia referência em utilização de Inteligência Artificial para potencializar negócios de empreendedores, fidelizar clientes e garantir a melhoria de trabalho dos entregadores, além de inspirar recursos tecnológicos a serem aplicados em outros modelos que podem revolucionar o futuro da sociedade.

Fonte: ifoodnewsbrasil / iFood News


Acompanhe também a Betminds nas redes sociais: nos siga no linkedin, no tiktok e no Instagram.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

VTEX Pick and Pack: Como expandir sua operação omnichannel

Desenvolvida pela VTEX, essa ferramenta é projetada para otimizar todas as etapas da logística de pedidos, desde a coleta até a entrega final. Saiba mais!

23/4/2024

FastStore: A Solução VTEX para Construir Lojas Virtuais de Alto Desempenho

Neste artigo, vamos explorar em detalhes o que é o FastStore, suas principais características, vantagens e como ele pode transformar o desempenho do seu e-commerce. Confira!

23/4/2024

Como criar parcerias estratégicas para vender mais com o Digital

Neste episódio do Digital Commerce, conversamos com Mariana Ponzini de Azevedo, da Red Bull, sobre gestão de pessoas e estratégias de e-commerce para a indústria.

23/4/2024