Grupos no Facebook: tudo o que você precisa saber

Falem o que quiser, o Facebook segue sendo a maior rede social do mundo, com nada menos do que 2,7 bilhões de usuários cadastrados. Só esse número mostra que essa rede social é fundamental para as estratégias de vendas de qualquer empresa.

De links patrocinados a fanpages, o Facebook conta com uma série de funcionalidades que permite às empresas diversificar sua atuação. No entanto, existe um outro ambiente que ainda é pouco explorado: os grupos.

Os grupos no Facebook são uma excelente alternativa para gerar valor para as pessoas e envolvê-las com a sua marca, uma vez que são ambientes que reúnem usuários com gostos específicos, favorecendo a construção de relacionamentos.

Felizmente, o Facebook entendeu esse movimento das empresas e está testando a ferramenta para anúncios no feed dos grupos. Se tudo der certo, essa funcionalidade vai ajudar as empresas a impulsionar ainda mais sua presença na rede social, colaborando para construção de autoridade e promoção da marca.

Afinal, o que são grupos no Facebook?

Os grupos no Facebook funcionam de maneira semelhante às comunidade do Orkut. São espaços destinados a usuários que têm interesses em comum e querem discutir seus assuntos favoritos e fazer parte de uma comunidade.

Nesse sentido, os grupos no Facebook funcionam como complemento às fanpages, gerando um espaço reservado para a interação apenas dos usuários que requisitaram acesso. Isso acaba gerando um sentimento de pertencimento e valorização, fatores importantes para a atuação da sua empresa.

Mas por que criar grupos no Facebook?

Os grupos no Facebook têm diversas finalidades. Enquanto existem aqueles que são destinados exclusivamente para vendas, outros não permitem essa prática, focando apenas na interação entre os usuários.

Participar de um grupo é muito interessante para que você consiga, antes de tudo, estudar o perfil das pessoas e coletar informações que possam validar e ajudar nas estratégias para o seu negócio.

É importante que a sua abordagem nos grupos seja sutil, evitando anunciar a torto e a direito e correr o risco de ser marcado como spam. A melhor forma de atuar nos grupos é participar como mais um membro da comunidade, buscando manter-se ativo e fazer a diferença para as outras pessoas.

Sempre que possível, interaja usando o perfil da sua empresa. Isso é importante para que os outros usuários vejam que ela dá valor aos comentários que recebe e valoriza as interações da comunidade.

Mas não é preciso se limitar a participar de grupos alheios. É possível ter um grupo relacionado à sua empresa. Se você vende cursos online, por exemplo, pode “presentear” os novos alunos com o acesso a um grupo fechado, trazendo ainda mais o sentimento de exclusividade e pertencimento. Com o tempo, seu grupo vai se tornar uma comunidade exclusiva em que alunos e ex-alunos trocam experiências e interagem com você.

Leia mais: Mídias Sociais: por onde começar?

O que é importante medir nos grupos do Facebook?

Como não poderia ser diferente, os grupos do Facebook também possuem métricas importantes e que devem ser acompanhadas. Por meio delas, você consegue verificar detalhes como:

  • Crescimento: número de participantes, participações e solicitações de entrada. Esses dados podem ser exportados para planilhas;
  • Envolvimento: horários em que há mais interações, dias da semana com melhor movimento, publicações mais relevantes, interações, entre outros;
  • Membros: lista dos usuários mais ativos e acesso a dados demográficos (idade, gênero e localização).

Estratégias para administrar os grupos do Facebook

Existem algumas táticas que permitem gerenciar os grupos do Facebook de uma maneira mais prática e eficiente:

Perguntas de participação

É possível definir até três perguntas para serem respondidas para os usuários que solicitam a entrada no grupo. Essa é uma boa forma de ter mais controle sobre quem participa da comunidade e conhecer melhor o perfil de quem entra.

Localização

Segundo a Hootsuite, o Facebook tem mais de 10 milhões de grupos no mundo todo, sendo que cerca de 1,4 bilhão de usuários fazem parte de alguma comunidade. Esses dados mostram que tão importante quanto estar no Facebook é ser encontrado por quem se interessa pela sua marca.

A não ser que você tenha uma atuação nacional, é importante destacar a localização do grupo, para que ele seja mais facilmente encontrado por pessoas da sua região que façam alguma pesquisa relacionada a esse tema.

Descrição

Além da localização, é importante caprichar na descrição do grupo. Quanto mais detalhadas e completas forem as informações, maiores serão suas chances de se destacar e de atrair somente os usuários que se interessem verdadeiramente pelo assunto.

Postagens

Quem tem um grupo precisa mantê-lo em movimento, gerando constante interesse e engajamento da comunidade. Felizmente, os grupos no Facebook permitem que os administradores e moderadores programem publicações.

Essa é uma estratégia interessante para que você consiga criar e colocar em prática um planejamento de conteúdo consistente e constante. Para isso, aliás, aproveite as métricas sobre os dias e horários de maior interesse e insista no que tem dado certo.

Membros

É importante que seu grupo no Facebook não vire bagunça e mantenha o foco das discussões. Por isso, você deve sempre estar atento ao que é comentado e postado na comunidade, e não deve ter medo de remover os membros que incomodam, seja por mau comportamento ou por spams. Para ajudar a cortar o mal pela raiz, o Facebook tem uma série de filtros de solicitações de entrada, que agilizam o trabalho de gerenciar os grupos.

Leia mais: Como encontrar seus clientes nas redes sociais

Esperamos que este post tenha ajudado você a entender mais sobre os grupos no Facebook e como utilizá-los. 

Para mais conteúdos sobre o assunto e mais estratégias para se destacar com marketing digital, continue acompanhando o blog da Betminds!

E se você precisa de ajuda para desenvolver estratégias para sua empresa e melhorar suas vendas, fale com a gente!

SAIBA MAIS

👉 Youtubers: 8 dicas para bombar seu canal

 👉Como transformar a audiência do seu Canal do Youtube em clientes recorrentes

👉 Tudo o que você precisa saber sobre Inbound Marketing

Acompanhe a Betminds nas redes sociais: curta a página no Facebook, siga no Instagram.


Foto de Capa: Freepik
Compartilhar:
Tk Santos

Tk Santos

Sócia e CMO na Agência Betminds, formada em Publicidade e Propaganda, MBA em Transformações Digitais com mais de 6 anos de experiência em Marketing e Produção de Conteúdo Digital.

Deixe uma resposta