Trends

Correios se preparam para lançar e-commerce e banco digital em 2024

A nova plataforma de e-commerce dos Correios será destinada não apenas à venda de produtos próprios, mas também à promoção de parcerias, especialmente com micro e pequenos empreendedores. Saiba mais

Navegue pelo texto

Os Correios estão se preparando para um grande avanço digital, com o lançamento de uma plataforma de e-commerce e um banco digital ainda em 2024. Essas iniciativas visam aumentar a competitividade da estatal no mercado. Em uma entrevista ao programa Perspectivas, do portal SBT News, o presidente dos Correios, Fabiano Silva dos Santos, destacou a importância do setor de encomendas, que é fortemente impulsionado pelo comércio eletrônico, na receita da empresa.

O presidente revelou detalhes sobre os novos projetos, afirmando que a empresa está desenvolvendo um site específico para interagir com o público na venda de mercadorias. Além disso, há planos para a criação de um banco digital, que será parte de uma estratégia maior que envolve parcerias com a iniciativa privada.

"A gente vai ter novidades logo, com o desenvolvimento de um site específico para fazer essa interação com o público de venda de mercadorias. Também trabalhamos com uma estratégia aí de pensar no meio de pagamento, um banco digital. Mas isso tudo a gente pensa dentro de uma estratégia de parcerias, buscar parceiros também na iniciativa privada, para que a gente possa desenvolver juntos", explicou Fabiano Silva dos Santos.

A nova plataforma de e-commerce dos Correios será destinada não apenas à venda de produtos próprios, mas também à promoção de parcerias, especialmente com micro e pequenos empreendedores. Esse modelo colaborativo visa facilitar a logística para artesãos e artistas que enfrentam dificuldades na comercialização de seus produtos.

"As pessoas que vendem lá suas obras de arte, vendem seu artesanato e às vezes têm dificuldade de fazer essa logística. É importante que os Correios estejam à disposição para ajudar essa população, aquelas pessoas que produzem ali [...] Algo que possa ser comercializado, que a gente ajude essas pessoas em parceria, por exemplo, com o Sebrae, com outros organismos", detalhou o presidente.

Fabiano Silva dos Santos também mencionou a importância da infraestrutura dos Correios para grandes empresas de e-commerce que operam no Brasil. Apesar de essas empresas possuírem suas próprias estruturas logísticas, os custos para alcançar regiões remotas do país são elevados. Nesse contexto, os Correios desempenham um papel crucial devido à sua presença em todo o território nacional.

"Grandes empresas de e-commerce, que vendem produtos no Brasil, utilizam a estrutura dos Correios para entregar encomendas, porque apesar de as empresas privadas possuírem sua própria estrutura logística, o custo é alto para chegar a regiões mais remotas do país", explicou.

Ele exemplificou essa capacidade única mencionando a presença dos Correios em áreas isoladas, como em bairros do Amapá, onde a entrega de encomendas pode exigir longas viagens de barco. "Só os Correios conseguem fazer o que nós fazemos. Nós estamos presentes no país inteiro, nós que conseguimos entregar num bairro lá no Amapá [...] Que você precisa ir de barco até lá e gasta umas seis horas para ir de barco. Só os Correios têm uma agência lá, só os Correios conseguem fazer isso no Brasil inteiro", afirmou.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Dia dos Namorados de 2024: Vendas Online Crescem 23%

O Dia dos Namorados de 2024 se mostrou um marco significativo para o e-commerce brasileiro, registrando um aumento expressivo de 23% nas vendas online comparado ao ano anterior.

20/6/2024

Live shopping: saiba como realizar vendas ao vivo

Neste episódio do Digital Commerce, conversamos com a responsável pelo e-commerce da PatBO, case sucesso mundial de live commerce.

18/6/2024

Como construir a confiança da marca 

A confiança é uma parte fundamental da natureza humana, e isso se reflete no comportamento dos consumidores. Saiba mais!

13/6/2024