E-commerce

10 Dicas Para Melhorar o Processo de Checkout de Sua Loja Online

O consumidor escolhe os produtos, coloca no carrinho e... não compra nada. Quem tem uma loja online sabe que isso acontece o tempo todo.

É uma situação muito comum tanto em lojas físicas quanto online: o consumidor escolhe os produtos, coloca no carrinho e... não compra nada. Quem tem uma loja online sabe que isso acontece o tempo todo.

Para se ter uma ideia, nos últimos anos, a taxa de abandono de carrinho no e-commerce brasileiro ficou acima dos 80%. Ou seja, 8 em cada 10 visitantes nunca se tornaram compradores, deixando de completar sua experiência nas lojas online.

E isso pode ocorrer independentemente dos esforços do lojista -- escolha de melhor plataforma, estratégias de SEO, negociação com fornecedores e transportadoras --, uma vez que existem inúmeras razões que levam os consumidores a abandonarem suas compras: avaliações negativas de outros usuários, preços altos, frete caro, interface pouco intuitiva, site que passa pouca confiança etc.

Isso posto, é importante notar que muitas dessas justificativas envolvem, de certa forma, o processo de checkout nas lojas online. E o pior: em muitos casos, esses problemas podem ser eliminados facilmente, reduzindo a taxa de abandono e aumentando as conversões.

Veja como:

10 Dicas Para Melhorar o Processo de Checkout de Sua Loja Online

1. Aposte na simplicidade

Gastar dinheiro não é uma decisão simples para boa parte dos brasileiros. Por esse motivo, é importante evitar atritos desnecessários ao longo do funil de vendas e fazer com que a experiência do consumidor seja mais fluída de uma etapa para a outra.

Para isso, a melhor saída é apostar na simplicidade, tornando o processo de checkout o mais objetivo, rápido e intuitivo possível. O melhor exemplo é a possibilidade de compras em um clique ou, como já é comum nos Estados Unidos, as compras feitas por meio dos assistentes de voz.

2. Melhore seus formulários

Depois de muito pesquisar pelos melhores sites e produtos, o consumidor só quer concluir sua compra sem dores de cabeça. Sendo assim, é essencial que os formulários de cadastro e pagamento sejam sucintos e fáceis de preencher. Exija somente as informações estritamente necessárias e evite que o comprador abandone sua loja por simples preguiça.

3. Diversifique as opções de pagamento

Consumidores gostam de opções, e isso vale também para as formas de pagamento na sua loja virtual. O usual é trabalhar com ao menos três opções, mas é preciso manter-se antenado às novidades do mercado e, sempre que possível, oferecê-las aos consumidores.

Além do cartão de crédito, débito e do boleto bancário, opções como pagamento com dois cartões e o recém-lançado Pix não podem ficar de fora. A depender do seu setor de atuação, é interessante até mesmo oferecer a opção de pagamento em criptomoedas.

4. Trabalhe com cupons promocionais

Oferecer códigos de desconto ou cupons promocionais é uma excelente saída para incentivar novas compras, despertar um senso de urgência e fazer com que o seu cliente se sinta privilegiado.

5. Checkout para visitantes

Falamos da necessidade de manter os formulários de cadastro e pagamento enxutos e simples, sobretudo para evitar desistências por conta da preguiça ou desconfiança dos usuários.

Percebendo esse risco, muitas lojas online disponibilizam a funcionalidade de checkout para visitantes. Trata-se de uma alternativa para vencer essa resistência de alguns consumidores e agilizar ainda mais o processo, sem a necessidade de inserir muitas informações pessoais. Nessa modalidade, o comprador pode concluir a compra inserindo apenas seu endereço de email, sem a necessidade de cadastro.

6. Libere o cadastro por redes sociais

Outra dica para agilizar o processo de checkout na sua loja online é oferecer a possibilidade de os visitantes fazerem login e cadastro por meio das suas redes sociais e do Gmail.

Considerando que a maioria das pessoas costuma deixar suas redes logadas no navegador, essa funcionalidade serve como mais um estímulo para a conversão, mostrando aos visitantes que o processo pode ser concluído de forma rápida e sem a necessidade de preencher muitas informações.

7. Otimize seu site para dispositivos móveis

De acordo com dados da pesquisa Mobile Time/Opinion Box, 91% dos brasileiros realizaram compras ou pagamentos via smartphone. E isso faz sentido: a pesquisa TIC Domicílios mostra que, da população com acesso à internet, 58% se conecta apenas pelo celular, ou seja, milhões de brasileiros sequer utilizam computador para navegar.

Isso mostra a importância de otimizar o site mobile da sua loja online. Aliás, este costuma ser um grande gargalo para muitas empresas. Botões difíceis de clicar, erros de responsividade da página, formulários extensos e carregamento demorado são alguns dos problemas mais comuns enfrentados pelo visitante que utiliza dispositivos móveis.

Por isso, invista em seu site mobile e foque seus esforços na qualidade da experiência do usuário.

8. Mostre o preço final antes do checkout

Para concluir uma compra, o consumidor tem que ter confiança no site. E poucas coisas são piores do que e-commerces que escondem o valor final do pedido. Portanto, deixe os valores sempre bem claros, tanto do produto quanto do frete. O mesmo vale para os possíveis juros e também para os prazos de entrega.

Como complemento, garanta que o cliente sempre tenha fácil acesso à opção de adicionar mais produtos ao carrinho, por meio de botões como "continuar comprando" ou "adicionar mais produtos".

9. Recomende produtos relacionados

Assim como você deve oferecer a oportunidade de o consumidor continuar comprando, é interessante inserir recomendações de produtos relacionadas na página de checkout para tentar convencê-lo a comprar mais.

Certifique-se de que as recomendações sejam relevantes e façam sentido para a compra que está sendo concluída. Por exemplo: se o cliente colocou um notebook em seu carrinho, você pode relacionar ofertas de acessórios de informática e softwares.

10. Encontre e conserte erros

Existem algumas métricas que podem ser acompanhadas e que indicam se há problemas no processo de checkout da sua loja online. Por meio de ferramentas gratuitas como o Google Analytics, você consegue identificar áreas problemáticas e buscar soluções. Afinal, se muitos usuários estão abandonando seus carrinhos, isso é sinal de que algo precisa ser revisto e resolvido.

-

Esperamos que este post tenha ajudado você a entender mais sobre como melhorar o processo de checkout da sua loja online. Para mais conteúdos sobre o assunto e mais estratégias de vendas e marketing digital, continue acompanhando o blog da Betminds!

E se você precisa de ajuda para desenvolver estratégias para sua empresa e melhorar suas vendas, fale com a gente!

Acompanhe a Betminds nas redes sociais: curta a página no Facebook, siga no Instagram.

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Ações de marketing para Black Friday: 10 dicas para faturar bem

Separamos 10 ações de marketing para Black Friday para você pôr em prática no seu e-commerce.

22/9/2022

Estratégias de growth hacking para e-commerce

Esses processos giram em torno de um ciclo que se repete o número de vezes necessário para um projeto atingir os números desejados

26/9/2022

5G no e-commerce e nas relações de consumo do varejo

A nova tecnologia promete impactar uma série de outros setores da economia, interligando serviços e dispositivos e tornando as cidades mais inteligentes

20/9/2022