Mídia Espontânea: O que é Earned Media e Como Conseguir

Todas as empresas precisam, de alguma forma, estar em contato com seu público-alvo e fazer esforços para atingir uma audiência ainda maior. Nesse sentido, há diversas ações que podem ser pensadas para se conseguir essa interação, e uma delas é a earned media ou mídia espontânea.

Mas, afinal, você sabe o que é earned media? Qual é a diferença para outros tipos de mídia? Como obter resultados com mídia espontânea? Tudo isso vamos abordar neste post.

Acompanhe!

O que é earned media?

Para compreendermos o significado de uma expressão em outro idioma, uma boa ideia pode ser traduzi-lo; earned media, neste caso, quer dizer mídia ganha. Bom, pode ser que só a tradução do termo não faça tanto sentido, mas já fica mais clara a ideia de que earned media é uma mídia adquirida, faz sentido?

Em outras palavras, não é uma mídia própria nem paga. Assim, essa mídia acabou sendo conhecida como mídia espontânea. Afinal, ela é obtida sem a interferência da empresa, o que não significa que a empresa não precise fazer nenhum esforço. Isso porque a earned media dificilmente ocorre sem estar em um plano estruturado de marketing que envolve outros tipos de mídia.

Embora o conceito pareça meio abstrato no começo, fica mais fácil de entendê-lo à medida que fazemos comparações e damos exemplos.

Leia mais: SHADOWBAN: 7 DICAS PARA EVITAR QUE ACONTEÇA NO SEU INSTAGRAM

Earned media x owned media x paid media

Como dissemos, uma boa forma de entender a mídia espontânea é compará-la com os outros tipos de mídia. Afinal, nenhum desses conceitos é independente ou oposto ao outro e, inclusive, o ideal é integrá-los. A seguir, vamos descrever o que é cada um, como se relacionam e como se diferenciam:

Owned Media

De maneira geral, são os canais que pertencem à sua empresa. Por exemplo, seu blog, landing pages, site etc. Em resumo, são os espaços usados para você conduzir seu cliente pela customer journey e que são de sua propriedade, fazendo parte da sua presença digital de forma permanente.

Esses espaços hospedam os materiais criados pela sua marca e possibilitam, entre outras coisas, aplicar otimizações para atrair mais usuários e retê-los para convertê-los em consumidores.

Paid Media

Já a paid media ou mídia paga é a mídia usada para divulgar conteúdos ou materiais que estão presentes em outros espaços independentes da sua empresa, porém por meio de pagamento. Em outras palavras, você decide anunciar em outro espaço, investindo recursos da sua empresa. Algumas mídias pagas importantes são: anúncios no Google ou Ads, conteúdos promovidos, Facebook ou Instagram Ads, plataformas afiliadas etc.

Leia mais: 10 DICAS PARA MELHORAR O PROCESSO DE CHECKOUT DE SUA LOJA ONLINE

O que sua empresa pode fazer para conseguir mais mídia espontânea

Agora que já vimos o que é earned media e como ela se diferencia de outros tipos de mídia, vamos ver o que você pode fazer para obter mais mídia espontânea:

Compartilhar conteúdo e novidades com jornalistas

Jornalistas são muito relevantes dependendo do objetivo do seu negócio. Assim, uma boa ideia é estabelecer um relacionamento com esses profissionais ou contratar uma assessoria de imprensa para fazer esse contato. Convide jornalistas para eventos, coloque-se à disposição para entrevistas e compartilhe suas ações com eles.

Conectar-se com influenciadores

Faça um levantamento sobre quais influenciadores costumam produzir conteúdos espontâneos e identifique se eles são compatíveis com sua marca e audiência. Após fazer isso, comece um relacionamento com eles. Mostre sua marca e seus produtos ou envie alguns itens de teste. Embora isso não assegure a divulgação, aumenta bastante as chances.

Criar conteúdo com alta viralidade

Produzir conteúdo viral não tem uma fórmula mágica: o essencial é que você provoque a identificação do público. E isso requer muito estudo, criatividade, trabalho e até mesmo uma dose de sorte. Afinal, ainda que um conteúdo tenha o potencial de viralizar, nada garante que isso acontecerá de fato.

Um exemplo de marketing viral no Brasil foi a campanha “pôneis malditos”, da Nissan, de 2011. O comercial fez muito sucesso, e as pessoas passaram a compartilhar o vídeo, que ficou muito comentado na época. Isso fez com que a Nissan ficasse em evidência e as vendas da picape Frontier aumentaram 81%. Por isso, tenha em mente que, conteúdos virais, mais do que destacar a marca, alavancam os negócios.

Estimular e facilitar o compartilhamento de conteúdo

Existem muitas formas de estimular e facilitar o compartilhamento de conteúdo. Em um post de blog, por exemplo, você pode adicionar um call-to-action no fim texto com palavras que incentivem o leitor a comentar e compartilhar o conteúdo.

Você também pode colocar botões de compartilhamento via e-mail, redes sociais e WhatsApp próximo ao texto. Essa dica também vale para outros formatos de conteúdo, como vídeos, posts em áudio etc.

Leia mais: GRUPOS NO FACEBOOK: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Use algum aplicativo de newswire

Newswire é um tipo de aplicativo que transmite notícias para a mídia, e funciona como uma opção ao trabalho da assessoria de imprensa. Com essa ferramenta, você cadastra notícias que deseja divulgar e o conteúdo é direcionado a jornalistas de empresas de comunicação e mídia.

Esperamos que este post tenha ajudado você a entender melhor o que é mídia espontânea e como consegui-la. Para mais conteúdos sobre o assunto e mais estratégias para se destacar com marketing digital, continue acompanhando o blog da Betminds!

E se você precisa de ajuda para desenvolver estratégias para sua empresa e melhorar suas vendas, fale com a gente!

SAIBA MAIS

👉 Youtubers: 8 dicas para bombar seu canal

 👉Como transformar a audiência do seu Canal do Youtube em clientes recorrentes

👉 Tudo o que você precisa saber sobre Inbound Marketing

Acompanhe a Betminds nas redes sociais: curta a página no Facebook, siga no Instagram.

Compartilhar:
Tk Santos

Tk Santos

Sócia e CMO na Agência Betminds, formada em Publicidade e Propaganda, MBA em Transformações Digitais com mais de 6 anos de experiência em Marketing e Produção de Conteúdo Digital.

Deixe uma resposta