Black Friday

Como prevenir fraudes no e-commerce durante a Black Friday

Com a Black Friday cada vez mais perto, aumentam as tentativas de fraudes no e-commerce. Veja como prevenir a sua loja virtual.

Navegue pelo texto

Você sabia que o Brasil é o país líder em fraudes no e-commerce há mais de 4 anos? A informação é de Bruno Rodrigues (superintendente de prevenção a fraude na Iugu) no podcast Entre Amigos, do E-commerce Brasil1.

Além disso, em 2021 o país teve 4 milhões de movimentações suspeitas de fraude segundo o Serasa Experian2, o que significa um aumento de 16,8% em relação a 2020.

Bom, estamos em Black November, certo? Como a Black Friday se insere nesse contexto de fraudes no e-commerce?

De acordo com a ClearSale, empresa de soluções antifraude para comércio online, na Black Friday de 2021 houve um aumento de 131,54% nas tentativas de fraude em comparação com o ano anterior3.

Golpes mais comuns usados em fraudes no e-commerce

Um dos golpes mais conhecidos é o phishing. Através de um software malicioso no computador ou celular do cliente (software este que é instalado no dispositivo junto com cracks e ativações piratas de programas pagos), os golpistas roubam informações sigilosas do usuário, como dados bancários e de cartão de crédito.

Com as informações em mãos, os criminosos fazem compras de baixo valor para testar o esquema e, em seguida, partem para compras maiores nas lojas virtuais.

Outra modalidade bastante utilizada em fraudes no e-commerce é a bolware, que gera um boleto falso para o cliente. Novamente por causa de um vírus no dispositivo, qualquer boleto gerado (seja de qual for o site) tem os números alterados.

Assim, mesmo se o cliente gerar o boleto no site da sua loja, o pagamento é desviado.

Por fim, existe a fraude amigável, que é aquela compra feita com um cartão de crédito de algum familiar sem que este saiba. É o típico caso onde um filho ou neto faz uma compra com o cartão do pai ou do avô sem avisá-lo.

Ao receber a fatura, o titular contesta a compra e recebe o estorno. O problema é que sua loja fica com prejuízo em dobro. Entenda o porquê a seguir.

Fraudes no e-commerce: prejuízos para a loja

Quando a loja aprova uma compra fraudulenta, o intervalo entre a aprovação e o chargeback normalmente é suficiente para o despacho do produto. Este é o primeiro prejuízo.

Se a mercadoria ainda não tiver chegado ao destino, a loja ainda pode tentar suspender a entrega e solicitar o retorno da encomenda. Mesmo assim, ainda terá que arcar com as despesas logísticas.

Independente de qual dos dois cenários acima discorrer, o segundo prejuízo está no relacionamento com a bandeira do cartão. Quanto mais ocorrerem fraudes no seu e-commerce, mais ele recebe penalizações, correndo até mesmo o risco de perder o credenciamento.

Além disso, a loja ainda mancha sua reputação com o cliente que sofreu o golpe, pois ele vai descredibilizar a segurança e os sistemas antifraude da empresa.

4 dicas para evitar fraudes no e-commerce durante a Black Friday

Com a Black November rolando e a Black Friday a menos de 2 semanas, infelizmente é natural receber um número maior de tentativas de compras fraudulentas.

Então, veja abaixo 4 dicas que separei para você aplicar em seu e-commerce.

1. Contratação de um serviço antifraude robusto

Já mencionei neste artigo que há empresas antifraude especializadas em comércio online. É indispensável contratar este serviço para dar conta de algo tão delicado — ao invés de tentar lidar com o problema internamente, sem o know-how adequado.

2. Solicitar dados suficientes do cliente no cadastro

Quanto mais informações sobre cada cliente você coletar, mais recursos a equipe antifraude terá para trabalhar. A comparação de nomes, telefones, endereços e demais dados junto ao banco de dados do sistema facilitará a análise do pedido e a liberação ou cancelamento da compra.

3. Adquirir um certificado de segurança (SSL)

Após a instalação do SSL no servidor da sua loja virtual, um cadeado aparecerá ao lado da URL indicando que todas as informações que uma pessoa digitar serão criptografadas antes de irem para o servidor.

Dessa forma, é impossível haver roubo de dados sensíveis e, portanto, o cliente pode digitá-los sem medo.

4. Pix para prevenir sequestro de estoque

Quem disse que as fraudes no e-commerce se resumem a cartões clonados e boletos falsos? Durante a Black Friday, é comum que os concorrentes usem de uma artimanha antiética para “sequestrar o estoque” da sua loja.

Eles acessam os produtos mais procurados no seu site e “compram” várias unidades para pagar via boleto. Isso já reserva as mercadorias, esgotando-as falsamente. Terminado o prazo de 3 dias para pagamento dos boletos, os produtos voltam ao estoque — mas os clientes já compraram em outro lugar.

Para evitar esse golpe, você pode substituir o boleto bancário por pix nos períodos de promoção ou sujeitar o desconto ao pagamento via pix.

Como sua loja está se preparando para a Black Friday?

A expectativa para a Black Friday está grande este ano, quando espera-se que pelo menos metade dos brasileiros façam alguma compra aproveitando os descontos4. Precisa de ajuda para desenvolver uma boa estratégia para a Black Friday? Clique no banner abaixo e fale com um dos nossos consultores!

E para mais artigos, cases e estratégias para se destacar com o seu comércio eletrônico, continue acompanhando o blog da Betminds e se inscreva no The Future Of E-commerce, a newsletter com conteúdos todas as segundas, terças e quintas direto no seu e-mail!

Acompanhe também a Betminds nas redes sociais: nos siga no Linkedin, Instagram e TikTok.

Referências (Links Externos)

1 (2022). Podcast: Convidados ensinam a prevenir fraudes durante a Black Friday. [online] E-commerce Brasil. Disponível em: https://www.ecommercebrasil.com.br/noticias/podcast-convidados-ensinam-a-previnir-fraudes-durante-a-black-friday [Acesso em 11 Nov. 2022].

2 (2022). Ano de 2021 bate recorde com mais de 4 milhões de tentativas de fraude, revela Serasa Experian. [online] Serasa Experian. Disponível em: https://www.serasaexperian.com.br/sala-de-imprensa/analise-de-dados/ano-de-2021-bate-recorde-com-mais-de-4-milhoes-de-tentativas-de-fraude-revela-serasa-experian/ [Acesso em 11 Jan. 2022].

3 (2022). Segurança na Black Friday: confira o checklist para sua empresa se proteger. [online] ClearSale. Disponível em: https://blogbr.clear.sale/seguran%C3%A7a-na-black-friday [Acesso em 11 Nov. 2022].

4 (2022). Black Friday 2022: termômetro de consumo. [online] Gente. Disponível em: https://gente.globo.com/infografico-pesquisa-black-friday-2022-termometro-de-consumo/ [Acesso em  29 Ago. 2022].

Últimos conteúdos

ver mais conteúdos

Black Friday Vapza: Um mês de faturamento em um dia

No dia da Black Friday, a marca teve um aumento de 464% na receita e 686% na conversão comparado ao ano anterior

6/12/2022

E-commerce: resultados da Black Friday 2022

Confira como foram os resultados da Black Friday 2022 e quais as categorias e produtos cresceram suas vendas.

5/12/2022

E-commerce: vendas globais devem aumentar em 15% com as festas de fim de ano

A expectativa é que o e-commerce aumente as vendas de fim de ano em até 15%.

5/12/2022